Terça-feira, 11 de Maio de 2010

Insegurança nas Estradas...

“A minha netinha voou e morreu ao lado dos pais”

  

 Jéssica Soares, sete anos, seguia com os pais numa lambreta quando um carro bateu na moto.

Teve morte imediata.

 

O acidente aconteceu por volta das 21h30, quando a menina seguia no meio dos pais numa lambreta, o único meio de transporte que a família possuía…

O acidente terá acontecido devido a um momento de distracção de José, pai da criança.

'O sinal passou para verde, o carro arrancou, mas o pai estava distraído e não reparou.

Queria virar e bateu de lado.

 

A menina estava no meio, foi projectada e caiu de barriga para baixo.

O casal não costumava andar com a menina na motorizada, mas como o percurso para casa dos avós era curto, os pais facilitaram.

Acharam que não haveria qualquer problema.

'Eles nunca andavam os três, sabiam que era muito perigoso.

Mas da casa deles, em São João da Madeira, até à festa era pouco mais de cinco minutos.

 

Eles facilitaram, levavam capacetes, mas nem isso valeu à menina', explicou Fátima, visivelmente emocionada.

 

TREINADOR DE FUTEBOL MORRE AO REGRESSAR DE ANIVERSÁRIO

  

 Ricardo Teixeira, treinador do Futebol Clube de fontelas, faleceu ontem de madrugada durante um acidente de carro numa ponte em Peso da Régua.

 

O homem, de 38 anos, regressava com os amigos de uma festa de aniversário em Lamego quando o carro em que seguia se despistou, tendo o treinador sido projectado para fora do veículo.

 

OUTROS CASOS

MORRE EM AVEIRO

Amanhã, em Vagos, será o funeral de Carlos Simões, o jovem de 25 anos que morreu depois de se despistar de motorizada, durante a madrugada de anteontem, na praia da Barra, em Aveiro.

O jovem teve morte imediata.

 

JOVEM EM ESTADO GRAVE

Um jovem condutor de 19 anos está internado no Hospital de S. João, no Porto, desde anteontem à noite, quando foi vítima de uma colisão frontal na EN15, em Guilhufe, Penafiel.

Sérgio Pinto, natural de Penafiel, sofreu graves traumatismos.

 

DESPISTES NO ALENTEJO

Um ferido em estado grave foi o resultado de um despiste, ontem, pelas 14h50, na A6, no sentido Estremoz-Évora.

Cerca das 18h20, um motociclista também ficou ferido com gravidade na sequência de um despiste no IP8, em Serpa.

 

FERIDOS EM BRAGA

Duas pessoas sofreram ferimentos graves durante um despiste, anteontem, por volta das 20h00, na Estrada Nacional 101, em Vila Verde.

As vítimas foram transportadas para o Hospital de São Marcos, em Braga.

 

CICLISTA COLHIDO POR JIPE MORRE EM MONCHIQUE

Um ciclista que praticava BTT morreu na EN266, perto de Vale de Boi, no concelho de Monchique, após ter sido colhido, pelas 21h00 de anteontem, por uma viatura todo-o-terreno cuja condutora se pôs em fuga na altura.

A automobilista acabaria, pouco depois, por se dirigir à PSP de Portimão, onde disse que pensava ter 'batido em qualquer coisa'.

Alertado o Destacamento de Trânsito da GNR, em Albufeira, foram de imediato desencadeadas buscas na zona.

O cadáver da vítima, identificada como Valter Pais, de cerca de 30 anos de idade, casado, com um filho e residente na Caldeira do Moinho, em Portimão, foi encontrado pelas autoridades cerca das 23h00.

O corpo foi conduzido ao Gabinete de Medicina Legal de Portimão, onde vai ser autopsiado.

A automobilista foi identificada e o processo segue para inquérito.

 

TRAVAGEM DE 60 METROS ANTECEDE DESPISTE FATAL

Um casal de 26 e 31 anos, residente em Lisboa, morreu ontem de madrugada, na auto-estrada do Norte (A1), quando a viatura em que seguiam se despistou e capotou, imobilizando-se numa barreira, já fora da via de circulação.

O despiste ocorreu ao quilómetro 58,600, no sentido norte-sul, no concelho de Santarém, mas próximo da saída para o Cartaxo…

As vítimas foram encontradas já cadáveres e encarceradas nos destroços da viatura, um Toyota Yaris.

 

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?channelid=00000181-0000-0000-0000-000000000181&contentid=8A94CA85-622E-4EC3-A46E-587ABEBD61EF&h=7

 

Miguel "Foi algo que não pude evitar"

O jogador português do Valência disse que “não foi possível evitar” o atropelamento, esta manhã, de duas mulheres.

“Podia acontecer a qualquer um”, disse.

Uma carrinha que se encontrava à frente do carro de Miguel terá travado de repente e o jogador português para evitar o choque desviou-se e acabou por atropelar duas mulheres que por ali passavam.

 

http://desporto.sapo.pt/futebol/internacional/liga_espanhola/artigo/2010/05/04/_foi_algo_que_n_o_pude_evitar_.html

 

A4 reabriu após despiste que fez um morto

O despiste de um veículo ligeiro na A4, sentido Porto-Amarante, ao quilómetro 23, perto de Paredes, provocou a morte de um jovem e ferimentos nos seus quatro colegas, dois deles em estado muito grave.

 

http://jn.sapo.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=1560338

 

Porto de Mós: Jovem da Mendiga morre em despiste

Um jovem de 30 anos, residente na Mendiga teve ontem morte imediata após se ter despistado com o veículo que conduzia.

O acidente ocorreu, cerca das 20h40m, numa recta próximo do cemitério de Serro Ventoso.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Porto de Mós, com nove homens e três viaturas, uma viatura da VMER e a GNR.

 

http://www.cincup.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=10441&Itemid=103

 

Um em cada três condutores mortos nas estradas conduzia sob efeito de álcool

 

 Um em cada três condutores mortos nas estradas portugueses conduz sob o efeito de álcool, revelou hoje o presidente da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

 

"Um em cada três condutores que morrem vítimas de acidentes de viação têm excesso de álcool e um em cada quatro condutores autopsiados têm mais de 1,2 gramas de álcool por litro de sangue", disse à Lusa Paulo Marques.

O presidente da ANSR falava à margem de uma reunião de 40 especialistas onde estão a ser discutidas estratégias para redução do consumo do álcool na condução, numa organização do Conselho Europeu de Segurança Rodoviária (ETSC) e da ANRS.

 

A condução sob efeito do álcool é um dos fatores de risco que mais contribui para a sinistralidade em Portugal.

 

"Não devemos falar em acidentes, mas sim em desastres provocados por condutores irresponsáveis", considerou Paulo Marques.

Segundo o responsável pela ANSR, o objetivo estratégico de Portugal é "reduzir significativamente o número de condutores mortos até 2015".

 

"Portugal tem vindo a fazer um percurso muito positivo.

No início da década éramos o pior país da União Europeia e conseguimos reduzir para metade o número de mortos encontrando-nos perto da média europeia", lembrou Paulo Marques.

Contudo, e apesar da evolução, Portugal ainda pertence ao grupo de países com maior consumo de álcool per capita na UE e as doenças relacionadas com o álcool são responsáveis por cinco por cento das mortes.

 

O número de mortes nas estradas portuguesas reduziu mais de metade, mas a estatística revela uma tendência de estagnação no que se refere às vítimas mortais relacionadas com o consumo de álcool.

Em termos gerais, muito embora Portugal apresente um dos melhores desempenhos em termos de condução não alcoólica comparativamente com outros estados da UE, a tendência é preocupante.

As entidades fiscalizadoras submetem, por ano, mais de meio milhão de condutores aos testes de rastreio do álcool e a estatística mostra que de 2005 a 2009 o número de infratores aumentou 20%.

 

No que se refere à imposição de limites de álcool diferenciados para determinados condutores, Portugal faz parte dos estados-membros da UE que ainda não adotou medidas nesse sentido, pese embora estejam a ser objeto de estudo, no âmbito da revisão do Código da Estrada, prevista na Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária (ENSR).

Cerca de 40 especialistas estão hoje reunidos em Lisboa, para discutir estratégias para redução do consumo do álcool na condução, numa organização do Conselho Europeu de Segurança Rodoviária (ETSC) e da ANRS.

Na abertura da reunião o Ministro da Administração Interna salientou os progressos feitos por Portugal nos últimos anos, nomeadamente a redução de mortos e feridos nas estradas e apelou para que o "fenómeno do consumo de álcool nas estradas seja encarado de frente de forma coletiva".

 

"Para minimizar os efeitos do consumo do álcool na estrada devem ser feitas mais campanhas de sensibilização, uma fiscalização mais apertada, uma legislação equilibrada", sustentou.

 

http://sic.sapo.pt/online/noticias/pais/Um+em+cada+tres+condutores+mortos+nas+estradas+portuguesas+conduzia+sob+efeito+de+alcool.htm

 

 

Artigo 156.º
Exames em caso de acidente

 


1 - Os condutores e os peões que intervenham em acidente de trânsito devem, sempre que o seu estado de saúde o permitir, ser submetidos a exame de pesquisa de álcool no ar expirado, nos termos do artigo 153.º

2 - Quando não tiver sido possível a realização do exame referido no número anterior, o médico do estabelecimento oficial de saúde a que os intervenientes no acidente sejam conduzidos deve proceder à colheita da amostra de sangue para posterior exame de diagnóstico do estado de influenciado pelo álcool.

3 - Se o exame de pesquisa de álcool no sangue não puder ser feito, deve proceder-se a exame médico para diagnosticar o estado de influenciado pelo álcool.

4 - Os condutores e peões mortos devem também ser submetidos ao exame previsto no n.º 2.

 

 

Quem pode ver insensivelmente o alheio infortúnio, ignora que há dores.

Camilo Castelo Branco

 

 

 

 

 

publicado por cambiantevelador às 12:14
link do post | sujerir | favorito
|

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds