Terça-feira, 31 de Março de 2009

Plano para a Segurança Infantil...

 

Acidentes matam 42 mil crianças na Europa
2009-03-29
Mais de 42 mil crianças morrem anualmente devido a acidentes na Europa. Em Portugal, estimam-se em 700 as mortes anuais.
 
Os dados não são novos, foram apontados no relatório da Aliança Europeia para a Segurança Infantil divulgado em 2007, mas são os mais recentes e usados frequentemente quando se fala de acidentes com crianças, rodoviários e domésticos.
 
As 42 mil mortes equivalem a 115 crianças a perder a vida por dia em toda a Europa. (…)
Um olhar sobre as causas específicas indica que os acidentes rodoviários continuam em maior número, seguidos dos afogamentos e dos acidentes em actividades de lazer. (…).
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1185049
 
Portugal terá Plano de Acção para a segurança infantil em Maio
2009-03-29
 
O Ministério da Saúde vai apresentar em Maio o Plano de Acção para a Segurança Infantil, uma estratégia com medidas específicas para reduzir e prevenir traumatismos e lesões não intencionais nas crianças e jovens.
 
Desde 2007 que a criação de um plano nacional, no âmbito de um projecto europeu, aguarda um assumir de compromissos do Governo, que, agora, chegou com o Alto Comissariado da Saúde a garantir não só a sua coordenação para Portugal, como a sua apresentação para Maio.
 
Maria do Céu Machado explicou à Lusa que o relatório da Aliança Europeia de Segurança Infantil (ECSA) divulgado em Novembro de 2007 traçava um quadro mau para Portugal, apontando também que não existia, ao nível da tutela, uma instituição que assumisse a coordenação do plano. O perfil de Portugal foi traçado avaliando seis áreas específicas: acidentes rodoviários (passageiros, peões e condutores), quedas, afogamento, queimaduras, intoxicação e asfixia. (…)
 
Esta garantia foi recebida com satisfação pela presidente da APSI, organização que tem vindo a reclamar todos os esforços para prevenir os acidentes com crianças.
 
O Plano de Acção para a Segurança Infantil (PASI) é um projecto europeu da Aliança Europeia de Segurança Infantil (ECSA), sob orientação de uma Comissão de Especialistas constituída por representantes da Organização Mundial da Saúde, da Associação Europeia de Saúde Pública, da UNICEF e das Universidades de Keele e West of England (Reino Unido) e que conta com apoio financeiro parcial da Comissão Europeia. (…)
A integração de Portugal no PASI surgiu com a Associação Para a Promoção da Segurança Infantil, em Outubro de 2004, tendo a primeira fase duas componentes: o envolvimento e compromisso do Governo com o projecto para que fosse assumido como política de segurança infantil do País; e a análise da situação portuguesa na área da segurança infantil. No final de 2005, a Direcção-Geral de Saúde reconheceu a importância e pertinência do PASI, integrado no Programa Nacional de Prevenção de Acidentes (em desenvolvimento na DGS) e, em Fevereiro de 2006, a Direcção-Geral de Saúde tornou-se parceira efectiva do PASI. Ao longo do primeiro semestre de 2007, realizaram-se diversas reuniões que deram origem a um documento de trabalho, cuja última versão foi posta a circular em Julho, com recepção de comentários até Setembro. Contudo, o processo de elaboração do Plano de Acção para a Segurança Infantil em Portugal esteve parado, retomando agora com a garantia da sua apresentação em Maio.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1185057
 
Por: BEBE CONFORT COIMBRA
Um novo estudo da Universidade do Michigan vem reforçar a importância do uso do cinto de segurança durante a gravidez.
Segundo Mark D. Pearlman, do Departmento de Obstetrícia e Ginecologia (um dos autores do estudo), dos 370 fetos que morrem anualmente nos E.U.A. em consequência de acidentes de viação, cerca de 200 seriam salvos se as as mulheres usassem sempre cinto de segurança:
“Algumas mulheres têm muito receio porque julgam que o cinto magoará o seu bebé nascituro em caso de acidente. Este estudo mostra que o oposto é verdade, que os cintos de segurança protegem claramente o feto. É muito claro, com base neste estudo, que uma mulher grávida deve colocar o cinto de segurança sempre que está dentro de um automóvel.” (…)
Com base nestes dados, o medo de prejudicar o feto, o desconforto que o cinto provoca ou o puro e simples esquecimento não devem servir de desculpa para não usar o cinto de segurança durante a gravidez. Este deve ser usado do seguinte modo:
  • Use o cinto de segurança na parte inferior do abdómen;
  • Use a precinta diagonal posicionada lateralmente ao útero, entre os peitos.
Se não usava o cinto de segurança habitualmente, use-o pelo seu filho.
 
Fonte: Esta investigação foi publicada no American Journal of Obstetrics & Gynecology, Vol. 198, Issue 4, April 2008. “Fetal Outcome in Motor-Vehicle Crashes: Effects of Crash Characteristics and Maternal Restraint”
 
http://bebeconfortcoimbra.com/semcintosintomuito/2008/07/16/a-importncia-crucial-do-uso-do-cinto-de-segurana-durante-a-gravidez/
 
http://www.youtube.com/watch?v=COcB00j25f8&hl=en&fs=1
 
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/48649.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/30969.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/24645.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/44525.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/37383.html
 
“Não será o instinto do medo que nos incita a conhecer?
O júbilo daquele que adquire um conhecimento não será o próprio júbilo do sentimento de segurança recuperado?”
Nietzsche

 

 

publicado por cambiantevelador às 10:50
link do post | sujerir | favorito
Sábado, 28 de Março de 2009

Código da Estrada para animais...

 

Ponte de Lima: Prioridade para animais nas estradas da área protegida

21 De Março de 2009, 16:48 SAPO NOTICIAS

 
Ponte de Lima, 21 Mar (Lusa) – A área de paisagem protegida de Ponte de Lima defende a alteração ao Código da Estrada, para permitir que a prioridade na circulação em determinadas vias seja conferida aos animais e não às viaturas. (…)
 
A proposta refere que a estabilidade ecológica desses espaços é hoje ameaçada, nomeadamente, pelo aumento das vias de comunicação e consequente aumento dos acidentes de viação, envolvendo animais selvagens e domésticos.
 
Diz ainda que os atropelamentos acidentais são considerados como "um importante factor de risco" para espécies de fauna, nomeadamente de répteis e anfíbios, "em resultado da elevada mortalidade que se tem vindo a observar".
 
Por isso, os responsáveis da área de paisagem protegida de Ponte de Lima querem que o Código da Estrada preveja a possibilidade das entidades gestoras das vias rodoviárias nacionais, regionais, municipais e vicinais conferirem prioridade aos animais que nelas circulem ou simplesmente as atravessem.
 
Segundo a proposta, em caso de atropelamento de animais domésticos nessas vias, o pagamento dos danos seria efectuado directamente pelo proprietário dos veículos ou respectiva companhia de seguros aos proprietários desses mesmos animais. VCP. Lusa/fim
 
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/9462859.html
 
CÓDIGO DA ESTRADA
Disposições gerais TÍTULO I – Disposições gerais

 CAPÍTULO I Princípios gerais

 

 Artigo 1.º Definições legais

 Para os efeitos do disposto no presente Código e legislação complementar, os termos seguintes têm o significado que lhes é atribuído neste artigo:

 

 

a) «Auto-estrada», via pública destinada a trânsito rápido, com separação física de faixas de rodagem, sem cruzamentos de nível nem acesso a propriedades marginais, com acessos condicionados e sinalizada como tal;

 

 

- Uma das razões pela qual o problema tem recebido atenção, é que envolve também a segurança dos condutores, com custos para as seguradoras das empresas responsáveis pelas estradas ou auto-estradas (mais as concessionadas) e recentemente têm respondido (em tribunal) pelos danos causados a terceiros, que muitas vezes podem ter graves consequências humanas.
 
- O problema tornou-se assim parte integrante das estradas, que inevitavelmente fragmentam os “habitats” e impedem o fluxo de vida selvagem nos corredores naturais que existiam.
 
- Para resolver ou minimizar o impacto, resultante da fragmentação desses “habitats” pelas estradas, resta criar passagens subterrâneas e colocar redes (eficazes) em toda a sua extensão.
 
- Em relação a animais domésticos, serão os donos, os responsáveis, pela sua guarda e/ou utilização.
 
PROTECÇÃO AOS ANIMAIS - Lei n.º 92/95 de 12 de Setembro
 
http://www.lpda.pt/legislacao/proteccao_animais.htm
 
Corolário de McDonald da Lei de Murphy

Em qualquer conjunto dado de circunstâncias, o curso correcto de acção é determinado pelos acontecimentos subsequentes.

 

 

publicado por cambiantevelador às 22:50
link do post | sujerir | favorito
Sexta-feira, 27 de Março de 2009

Zonas de acumulação de acidentes...

 

Acidentes: mais dois mortos que em 2008
2009-03-03
 
Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram 104 mortos nos primeiros dois meses do ano, mais dois que em igual período do ano passado, indicam dados hoje divulgados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/Nacional/interior.aspx?content_id=1159135
 
 
Menos de metade de excessos de velocidade nos radares em 2008
 13 Março '09
 
Os radares para controlo de velocidade registaram menos infracções durante todo o ano de 2008, em relação aos primeiros seis meses de funcionamento em 2007, que de Julho a Dezembro detectaram 261.770, de acordo com os dados cedidos à Lusa pela Polícia Municipal. (…)
O número de mortos e de feridos nas vias cobertas pelos radares, em toda a sua extensão, também decresceu, de acordo com os dados fornecidos pela polícia com base nos dados já divulgados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR). (…)
 O comandante da Polícia Municipal, André Gomes, já tinha afirmado anteriormente à agência Lusa, que "os automobilistas circulam mais devagar nas estradas de Lisboa", e que estão mais atentos e alertados para a segurança rodoviária.MPC.
 
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Menos-de-metade-de-excessos-de-velocidade-nos-radares-em-2008.rtp&article=207965&visual=3&layout=10&tm=8&rss=0
 
Carro atropela e mata homem em bicicleta
  13 Março 2009
 
Um homem que circulava esta quarta-feira de manhã numa bicicleta, na Estrada Nacional 378, na Venda Nova, concelho de Sesimbra, teve morte imediata após ter sido atropelado por um automóvel e ter caído em plena via.
Filipe, de cerca de 60 anos, terá tentado desviar-se dos buracos existentes na berma da estrada e acabou por se desequilibrar e cair. O veículo que seguia na sua traseira, no sentido Sesimbra/Fogueteiro, não conseguiu travar e atropelou-o. (…)
Residente na Cotovia, Filipe, proprietário de uma casa de instrumentos e artigos musicais na mesma localidade, terá pegado ontem de manhã na sua bicicleta para ir às bombas de combustível encher o recipiente que transportava com gasolina para a sua moto.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Set%FAbal&Concelho=Sesimbra&Option=Interior&content_id=1167312
 
 
 ATROPELAMENTOS
http://dn.sapo.pt/especiais/especial.aspx?especial=Atropelamentos&seccao=Cidades
  
 
- Mesmo sendo menor o número de mortos e de feridos nas vias cobertas pelos radares, os acidentes nas estradas portuguesas provocaram nos primeiros dois meses do ano mais mortos que em igual período do ano passado.
 
- Será então urgente, intervenções correctivas nas Estradas com zonas de acumulação de acidentes (pontos negros).
 
- Considera-se que um determinado lanço de estrada constitui uma zona de acumulação de acidentes, se num certo período de tempo (um ano), se verifica a ocorrência de x acidentes em y metros (em que x e y são variáveis e o seu valor poderá ser alterado de acordo com determinados objectivos).
 
- Em Portugal, têm sido considerados lanços de 200 metros, em que ocorram pelo menos 5 acidentes com vítimas, por Ano, e cuja soma dos índices de gravidade seja superior a 20.
 
- Para determinação do Índice de Gravidade, aplica-se a fórmula:
 
IG = MORTOS + feridos Graves + feridos Ligeiros
 
Com as seguintes ponderações:
 
M (mortos) = 100
FG (ferido Grave) = 10
FL (ferido Ligeiro) = 3

 

Lei de Quigley

 

Um carro e um camião que vão em direcções opostas numa estrada deserta, cruzar-se-ão na ponte mais estreita.

 

 

publicado por cambiantevelador às 23:29
link do post | sujerir | favorito
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Transporte de matérias perigosas...

 

Página gerada às 19:08h, sábado 21 de Março SAPO NOTICIAS
 
Trânsito: Sentido Norte-Sul da A1 cortado devido a acidente
21 De Março de 2009, 16:38
Lisboa, 21 Mar (Lusa) – O trânsito na auto-estrada A1, que liga Lisboa ao Porto, encontra-se congestionado ao quilómetro 21, nos dois sentidos, na sequência de um acidente envolvendo um pesado e um ligeiro, com a circulação interrompida de Norte para Sul.
Fonte da Brisa disse à agência Lusa que o acidente "aparatoso" ocorreu cerca das 15h40, depois de um veículo pesado ter ido embater num ligeiro que circulava em sentido contrário, estando, por isso, a afectar a circulação nos dois sentidos.
Segundo a mesma fonte, "o problema está longe de estar resolvido", tendo a circulação de três faixas sido reduzida apenas a duas no sentido Sul/Norte. Em sentido contrário, ou seja, Norte/Sul, o trânsito encontra-se mesmo cortado.
Às 16h00, a fila nos dois sentidos atingia os 500 metros, mas com tendência para aumentar, de acordo com a Brisa. A mesma fonte escusou-se a dizer se o acidente provocou feridos. IRE. Lusa/Fim
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=1177839

 

Choque em cadeia na EN3 provoca um morto

 

 

19h31m Alexandra Serôdio
Um choque em cadeia envolvendo duas carrinhas de caixa aberta e um pesado de transporte de matérias perigosas (gasolina), às 16.52 horas, na EN3, em Pernes, distrito de Santarém, provocou a morte a uma mulher de 65 anos e ferimentos graves no marido. Há ainda um ferido ligeiro a registar.
Segundo apurou o JN o camião embateu na traseira da carrinha, onde seguia a vítima, que por sua vez embateu numa outra viatura comercial, que se encontrava parada antes de realizar a manobra de voltar à esquerda.

 

A EN3 está cortada em todos os sentidos. Neste momento estão a se removidos os destroços das viaturas.

 

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Santar%E9m&Concelho=Santar%E9m&Option=Interior&content_id=1171217 
 
 
 
"Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante do que o conhecimento".

 

(Albert Einstein)

 

 

 

 

publicado por cambiantevelador às 23:21
link do post | sujerir | favorito
Terça-feira, 24 de Março de 2009

SCUT'S...

 

- Progresso "a todo o vapor” nas Auto-estradas,” SCUT”.
 
“…Auto-estrada, A1,"a espinha dorsal do sistema rodoviário" português, o primeiro passo dado em 1961, com menos de 23 quilómetros que ligavam Lisboa e Vila Franca de Xira e que haviam custado 303 mil contos…
Foram, 20 mil veículos a querer estrear o eixo logo nos seus primeiros momentos de existência - numa altura em que em todo o país não existiriam muito mais do que 220 mil automóveis…
A A1 não era a primeira auto-estrada do país – já havia um pequeno troço de oito quilómetros entre Lisboa e o Estádio Nacional –, mas o novo empreendimento, feito "exclusivamente por portugueses", como foi repetido na cerimónia inaugural, era naquele ano de 1961 visto como "o progresso" a correr "sobre o asfalto", na expressão de O Século…”
 
Excertos do artigo website Webjornal34
http://www.webjornal.info
A URL para este artigo é:
http://www.webjornal.info/article.php?storyid=1992



Portagens nas SCUT da região norte "a todo o vapor"

 

00h30m 21 Março 2009 JN
 
O secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, afirmou que o Governo está "a trabalhar a todo o vapor" para introduzir portagens em três SCUT e garantiu que o processo está "em fase final de implementação".
 
"Estamos na fase final da implementação [de portagens], como será visível nos próximos dias", referiu, escusando-se a avançar datas. O governante admitiu que tem sido "um trabalho complexo", mas adiantou que a questão tecnológica do sistema de cobrança "está ultrapassada".
 
Em causa estão as SCUT (auto-estradas sem custo para o utilizador) do Grande Porto (Matosinhos - Lousada/A41-A42), da Costa da Prata (Gaia - Mira/A29) e do Norte Litoral (Matosinhos - Viana do Castelo/A28).
 
"Estamos neste momento em fase de implementação da solução tecnológica e espero que possamos anunciar essas novidades muito rapidamente", acrescentou Paulo Campos.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1177278

 

 
Segurança: Chip das matrículas potencia novos seguros automóveis - secretário de Estado
09 de Novembro de 2008, 10:20
 
Menos pacífica é a cobrança virtual de portagens, um dos três objectivos invocados pelo Governo para criar este sistema, que será usado no pagamento em novas concessões rodoviárias e nalgumas SCUT – vias sem custo para o utilizador.
 
"Este sistema não foi concebido por causa das auto-estradas ou da introdução de portagens nas auto-estradas vulgarmente chamadas SCUT. Foi pensado por um conjunto de outras utilizações. No entanto, também vai ser utilizado nessas auto-estradas e nas que estamos neste momento a concessionar", ressalva Paulo Campos.
 
Assim, as futuras auto-estradas do país vão deixar de ter portageiros, uma vez que o chip obrigatório faz uma identificação automática, à semelhança da via verde. Nas vias já existentes, fica a cargo dos concessionários manter ou não os portageiros. ARP/VP. Lusa/fim
 
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/1e1c7bd3ed22306d91a53e.html

 

 
26 Fevereiro '09  Comissões contra as portagens
Suspendem protestos por acreditarem que Governo não avança.
 
http://tv1.rtp.pt/noticias/?article=204943&visual=3&layout=10
 
 
 

 

 

 

Lei de Murphy do Governo

As coisas só correm bem para poderem correr mal

publicado por cambiantevelador às 15:54
link do post | sujerir | favorito
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Acidentes com crianças...

 2a-feira, 16 Março 2009 26º C Máx  

Acidente Duas crianças gravemente feridas em queda de carro numa ravina

Uma brincadeira dentro de um carro, que terá sido destravado inadvertidamente, terminou com duas crianças gravemente feridas, hoje, em consequência da queda do veículo numa ravina, perto de Canelas, Castelo de Paiva, disse à agência Lusa fonte do INEM
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=129111
 
13 Março 2009 - 12h42
Acusado de homicídio por negligência
Pai de bebé que morreu no carro constituído arguido
O pai do bebé nove meses que foi encontrado ontem já sem vida no interior de um automóvel estacionado num parque de estacionamento de Aveiro, foi esta sexta-feira constituído arguido sendo-lhe imputada "a presumível autoria de um crime de homicídio na forma negligente”, revelou uma fonte da Polícia Judiciária de Aveiro.
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentid=05C8AE5E-FBDE-4C48-A9AA-296C7076259E&channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021
OUTROS CASOS
 
FATAL NO MONTIJO
Um bebé de 19 meses morreu no Montijo, em Maio de 2005, depois de passar o período mais quente da tarde num carro junto ao Estabelecimento Prisional da cidade, onde a avó trabalhava. A tragédia ficou a dever-se a um mal-entendido sobre quem devia ter ido buscar o menino.
SALVO PELA POLÍCIA
A 25 de Junho de 2004, várias pessoas descobriram uma criança de sete meses quase a asfixiar dentro de um carro no estacionamento subterrâneo do Fórum Almada.
A PSP, alertada pelo pânico dos populares, resgatou o bebé.
ALCOFA CAÍDA NO CHÃO
Um bebé de quatro meses foi encontrado morto dentro de uma carrinha, em Felgueiras, no dia 22 de Junho de 2004. A mãe, florista, deixou o bebé no banco da frente, dentro da alcofa, enquanto descarregava a mercadoria. Terá demorado cinco minutos. A alcofa estava caída no chão.
UM DIA INTEIRO NO CARRO
A 22 de Julho de 2008, em Saint-Marcel, França, uma menina de 3 anos ficou um dia inteiro num carro fechado e estacionado ao Sol, acabando por morrer. O pai pensava que a tinha deixado com a babysitter, esquecendo--se de que a criança estava no carro.
 
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000009-0000-0000-0000-000000000009&contentid=C698C8E2-F1C3-4E03-8FFD-EDB6B54DDC2D
 
Edição de 19-03-2008  :  Francisco Gomes
Bombarral Menina de cinco anos morre atropelada
“A Daniela atravessou a passadeira para ir dar um beijinho a uma senhora e quando quis regressar ao outro lado da estrada foi apanhada por um carro”. (…)

Segundo relatou, “a criança vinha a correr de uma zona descampada ao lado da casa.
A passadeira está em frente à casa e ela estaria a uns cinco ou seis metros de distância a atravessar a estrada”...
 
http://www.oesteonline.pt/noticias/noticia.asp?nid=18584
 
 Segurança Infantil
 
http://www.automotor.xl.pt/aut/1201/a02-00-00.shtml
 
http://www.apsi.org.pt/index.php
 
http://www.criancasegura.org.br/dicas_carro.asp
 
 Travão de estacionamento 
 
- Basta colocar alguma coisa na frente de uma criança, que ela começa logo a tentar descobrir como é que funciona, porquê isto, porquê aquilo, se pode mexer e pôr ai adiante, são curiosos por natureza.
 
- Um dos dispositivos de segurança mais importantes de uma viatura é o sistema de travagem, todos os componentes do sistema dos travões são componentes de segurança.
 
- O travão de mão, também é um elemento importante no circuito de travagem, necessita de uma especial atenção à sua eficácia e regulação.
 
- No entanto, a questão do travão de mão” mecânico”, sempre foi um dos mecanismos na segurança do automóvel com pouca evolução (“normalmente” accionado por alavanca e cabos às rodas traseiras) e só actualmente com a introdução da electrónica se revolucionou este elemento.

'Laguna' dispensa o travão de mãonSilva Pires  -
 
Uma nova face, na linha da imagem recente, um interior marcado pelo redesenho do tablier, mexidas na suspensão e a dispensa do travão de mão tradicional são as novidades que, a partir de dia 17, os portugueses encontrarão no Renault Laguna, na hora em que a gama do bem sucedido modelo beneficia da habitual operação de restyling. (…) Uma das novidades maiores deste Laguna é outro passo da Renault no sentido da democratização da electrónica no automóvel.
 
 
Normal noutros segmentos, o travão de estacionamento automático estreia-se neste segmento, e prenuncia uma tendência que deverá generalizar-se muito em breve.O funcionamento do sistema é simples o velho travão de mão manual desaparece, pura e simplesmente, para ser automaticamente activado sempre que o motor é desligado, e desactivado, no arranque, quando as rodas atingem o binário necessário. As funções comuns do travão de mão são asseguradas por um comando manual colocado do lado esquerdo do tablier.
 
http://dn.sapo.pt/2005/03/14/suplemento_negocios/laguna_dispensa_o_
travao_mao.html
 

Há 700 acidentes com crianças todos os dias

Plano de segurança na gaveta desde 2007 00h30m JN GINA PEREIRA
 
Em apenas uma semana, houve seis acidentes graves com crianças em Portugal, três deles resultaram em mortes. Número trágico que devem fazer pensar os pais e alertar o Governo e as famílias para a necessidade de prevenir perigos.
 
Não há uma estatística oficial sobre o número total de acidentes que envolvem crianças em Portugal, mas através do cruzamento dos dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (acidentes de viação) e do Observatório Nacional de Saúde (acidentes domésticos e de lazer), entre 2004 e 2006, a Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI) chegou à conclusão de que, todos os dias, há cerca de 700 acidentes com crianças no nosso país. A maioria, felizmente, sem gravidade, mas, garante Sandra Nascimento, presidente da APSI, "evitáveis" caso o Governo os encarasse como "um problema grave de saúde pública" e avançasse com a obrigatoriedade de medidas há muito identificadas, como a definição de regras para o sector da construção civil regulando, por exemplo, a altura e o tipo de guardas das varandas.
 
Sandra Nascimento espera que a semana "desastrosa e trágica" que estamos a viver "abra os olhos do país" e obrigue o Governo a "assumir este compromisso com as famílias portuguesas". Contudo, a presidente da APSI não desvaloriza a responsabilidade dos pais, defendendo que "têm de ter mais capacidade de antecipar o comportamento das crianças e as situações de risco", tendo sempre presente que estão na idade da descoberta...
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1172204

 

publicado por cambiantevelador às 00:41
link do post | sujerir | favorito
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Concessão Baixo Tejo...

6 Março 2009 

PCP contra
Portagens nas novas vias da Margem Sul do Tejo
 
A concelhia de Almada do PCP rejeitou hoje a introdução de quaisquer portagens na nova Circular Regional Interna da Península de Setúbal (CRIPS), considerando que essa medida irá prejudicar toda a população da Margem Sul
 
O troço CRIPS/IC-32, assim como, o nó do Funchalinho do IC-20(Almada) e o nó de Coina (Sesimbra), incluindo a ligação à Trafaria (Almada) e a construção da estrada regional 377-2 entre a Costa da Caparica e a Fonte da Telha (Almada) são novas vias que integram a Concessão Baixo Tejo, anunciada no final de Janeiro.
 
Esta concessão tem como objectivos a concepção, construção, financiamento, exploração e conservação dos referidos troços.
 
A concelhia de Almada do PCP diz que o projecto representa «na verdade uma subconcessão» da Rede Rodoviária Nacional, já que, quer as novas construções quer a conservação das vias actuais, passam agora da responsabilidade da Estradas de Portugal para a alçada de empresas privadas. Lusa/SOL
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=128001
 Concessionaria Kapsch TrafficCom
Revenues from Kapsch toll system in Czech Republic As receitas de portagem Kapsch na República Checa
 
Toll revenues in the Czech Republic developed positively in 2008 Receitas das portagens na República Checa evoluiu positivamente em 2008
 
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.kapsch.se/&ei=67-6SdeoO6SLjAfQ1fSnCA&sa=X&oi=translate&resnum=1&ct=result&prev=/search%3Fq%3DKapsch%2BTrafficCom%26hl%3Dpt-BR
 
Auto-estradas 09 Março 2009 JORNAL DE NEGOCIOS
 
Brisa
vende operação de cobrança de portagens na República Checa
 
A Brisa vendeu a participação de 26% que detinha no consórcio KTS, que formou com a austríaca Kapsch para operar um sistema de cobrança electrónica de portagens na República Checa.
mbabo@negocios.pt
 
A Brisa vendeu a participação de 26% que detinha no consórcio KTS, que formou com a austríaca Kapsch para operar um sistema de cobrança electrónica de portagens na República Checa.

O grupo presidido por Vasco de Mello revela, no relatório e contas de 2008, que a alienação desta operação, num total de 929 quilómetros, ocorreu já este ano.

"Neste momento a rede está totalmente em operação, não se perspectivando novas oportunidades de negócio na República Checa, nomeadamente na privatização de concessões, ou oportunidades de instalação de sistemas de cobrança de portagens idênticas, pelo que a Brisa decidiu alienar a sua participação", refere a concessionária no relatório.
 
http://www.josedemello.pt/gjm_press_04.asp?lang=pt&empresa=1

 

Brisa - Estado alarga concessão até 2035
 
Para saldar uma dívida de 153 milhões de euros à Brisa relativa a comparticipações financeiras e ao financiamento da construção de novos nós e ligações, o Estado decidiu prolongar em três anos, até 2035, o termo da concessão atribuída àquela empresa.
 
Segundo o Jornal de Negócios, a Brisa conseguiu ainda transferir a sua concessão para uma Sociedade Veículo Especial, que ficará sob uma “holding”.
 
A concessionária também ficará responsável por um conjunto de nós e ligações, entre os quais ao novo aeroporto internacional de Lisboa, e às plataformas logísticas de Castanheira do Ribatejo e Poceirão.
O jornal adianta que a Brisa também ficará responsável pela nova ligação entre a A5 e a concessão Grande Lisboa e pela nova ligação da A12 ao parque industrial da Mitrena (Setúbal/Alto da Guerra).
 
Todo o financiamento ao desenvolvimento da rede será obtido através de novas portagens.
 Carlos Moura TANSPORTES EM REVISTA 31.12.2008
 
http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=346770 

 

publicado por cambiantevelador às 21:02
link do post | sujerir | favorito
Quinta-feira, 12 de Março de 2009

GNR de faxina...

2a-feira, 9 Março 2009  Denúncia 

Militares da GNR trabalham 72 horas seguidas sem compensação
 
A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) denunciou hoje a existência de escalas de serviço na GNR em que os profissionais «são obrigados a trabalhar 72 horas consecutivas sem qualquer» compensação adicional no vencimento denúncia foi feita pelo presidente da APG, José Manageiro, na reunião do comité da Confederação Europeia de Polícia (EuroCOP), que se realiza hoje e terça-feira em Lisboa .
 

 

 
«Os profissionais da GNR não têm um horário de serviço, ao contrário do que acontece com os nossos colegas europeus. O princípio é o da disponibilidade permanente ao serviço, sem controlo, que nos obriga a cumprir cargas horárias desumanas, incompatíveis com as funções de um agente de autoridade e de segurança pública», disse José Manageiro.
 
Presente na reunião, o ministro da Administração Interna, Rui pereira, disse que vai ser criado um horário de referência para os militares da GNR no âmbito do Estatuto do Pessoal da Guarda Nacional Republicana, que este ano vai ser aprovado.
 
José Manageiro sublinhou ainda que o Governo tem feito «promessas avultadas» em investimentos, em matéria de equipamentos, aumento de pessoal, melhoria nas instalações, mas «pouco ou nada até hoje se tem feito sentir». A «ausência» de investimento no treino policial e a «falta» de material básico e de protecção individual são alguns dos problemas que preocupam os militares da GNR.
 
Defendendo a desmilitarização da GNR, o presidente da APG referiu que a «natureza militar da GNR tem por vezes sustentado um certo militarismo exacerbado, um certo regresso ao passado em que reinava a vontade suprema das chefias, mesmo contra todos os limites do bom senso e da dignidade profissional».
«É esta GNR que ainda hoje impõe tarefas de faxina aos seus profissionais e que levanta processos-crime por desobediência a quem as recusa cumprir», sublinhou... Lusa / SOL
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=128458
 
- Estes homens são importantes para a segurança nas estradas, acabem com a caça à multa e coloquem-nos a patrulhar, a verificar sinalizações de obras nas estradas e a investigar os acidentes, com meios, para não ficar tudo pelo excesso de velocidade ou pela velocidade excessiva e recair apenas no condutor.
 
Tem de se responsabilizar quem prevarica, sejam condutores, câmaras, empreiteiros, concessionárias ou quem for o verdadeiro responsável por acidente rodoviário.
 
Ver como as tarefas de faxina pode dar promoções:
 
Programa "Nós por Cá" da SIC, apresentada por Conceição Lino, onde torna público um louvor concedido a um militar da GNR, por ter habilidades para-anormais na confecção de deliciosas saladas de fruta!
 
http://www.youtube.com/watch?v=2tXHJ4F6Lk8
 

publicado por cambiantevelador às 23:47
link do post | sujerir | favorito
Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Álcool e medicamentos...

Porto: PSP deteve 15 pessoas, nove por condução com excesso de álcool no sangue 07 de Março de 2009, 11:14

 

Porto, 07 Mar (Lusa) - A PSP deteve hoje de madrugada 15 pessoas na sequência de várias operações de fiscalização de trânsito realizadas na área da cidade do Porto, das quais nove por condução com excesso de álcool.
 
Os agentes policiais detiveram ainda três pessoas por condução ilegal e outras três por posse de estupefacientes, disse fonte do Comando Metropolitano da PSP/Porto.
Segundo a fonte, as detenções ocorreram durante operações de fiscalização de trânsito. FR. Lusa/fim
 
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=PSP-deteve-15-pessoas-nove-por-conducao-com-excesso-de-alcool-no-sangue.rtp&article=206864&visual=3&layout=10&tm=8&rss=0
  
Na verdade, há medicamentos que durante a condução provocam alterações de comportamento, o condutor pode muito bem ignorar o poder induzido pela associação do álcool por certos medicamentos, mas conhecem-se hoje resultados trágicos de acidentes de viação, em que o condutor, manifestamente, havia ingerido algum tipo de medicamentos com efeito psico-activo.
 

http://www.oribatejo.pt/index.php?lop=conteudo&op=c9e1074f5b3f9fc8ea15d152add07294&id=

 

Quatro em cada dez assassínios e mortes violentas, estão relacionados com problemas de álcool, assim como um em cada seis suicídios e um em cada três acidentes rodoviários.

 

 

http://www.dodouro.com/noticia.asp?idEdicao=253&id=14985&idSeccao=2814&Action=noticia

 
O Instituto da Droga e da Toxicodependência, IP (IDT, IP) tomou a iniciativa de, congregando vários intervenientes nesta temática, promover a preparação da proposta do novo Plano Nacional de Redução dos Problemas Ligados ao Álcool.
 
 
Binge Drinking
 
 
Álcool e Condução
As bebidas alcoólicas são das mais consumidas em todo o mundo.
 
Só 5% da totalidade do álcool ingerido se elimina através da expiração, da transpiração e da urina, os restantes 95% passam para o sangue.
 
A sua (oxidação através do fígado +-7 gramas por hora) eliminação não pode ser apressada por qualquer meio.
 
Alcoolemia é a presença de álcool no sangue e exprime-se por grama de álcool/litro de sangue.
 
Taxa de Alcoolemia no sangue (T.A.S) – Se estivermos a falar de uma taxa de alcoolemia de 0,50 g/l, quer dizer que num litro de sangue existem 0,50 g de álcool puro.
 
A mesma quantidade de álcool dará, segundo a pessoa que o ingere, taxas de alcoolemia diferentes (há que considerar sexo, idade, estado de fadiga e peso).
 
0,50 g/l o risco aumenta 2 vezes;
0,80 g/l “   “          “        4    “    
0,90 g/l “   “          “        5    “
1,20 g/l “   “          “        16 “
 
 

 

73b6207c290aeb621eb5e8d1e931c686&drops[drop_edicao]=187&drops[drop_edicao]=187
 
publicado por cambiantevelador às 00:11
link do post | sujerir | favorito
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Reconstituição na A23...

20 Fevereiro 2009 - 00h30 Correio da Manhã

Acidente: Reconstituição para se saber onde seguia o autocarro
Tragédia volta à A23
Saber "com clareza" em que zona da estrada seguia o autocarro da Câmara de Castelo Branco quando sofreu o primeiro embate do carro, antes de se despistar, é o principal objectivo da reconstituição de hoje do acidente que a 5 de Novembro de 2007 provocou a morte a 17 pessoas e feriu 24 ao km 77 da A23. As vítimas eram alunos da Universidade Sénior de Castelo Branco e regressavam de Fátima.

A reconstituição de hoje é
uma diligência do juiz de instrução para clarificar os cenários que originaram o despiste do autocarro. Indicia também que continua a haver dúvidas sobre as causas do despiste...
http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?contentid=A0F4AD1D-D4C5-428B-ADD7-8A986B540DE4&channelid=00000009-0000-0000-0000-000000000009
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=126691
 
http://tv1.rtp.pt/noticias/?article=176757&headline=20&visual=9
 
- A necessidade de uma reconstituição de acidente, deve ser feita quando necessária, no entanto, a peritagem de um acidente é de uma importância vital, para se apurar as causas de um acidente.
 
http://www.asficpj.org/temas/noticias/2004/25janpub.pdf
 
Importa assegurar uma correcta e completa recolha de informação...
 
http://www.ansr.pt/Portals/0/not/Morto_30_dias.pdf
 
O Boletim de Recolha Estatística – BEAV (S) e outros instrumentos de notação específicos, servem para uma melhor pormenorização e detalhes das circunstâncias do acidente;
 
http://www.mai.gov.pt/data/actualidades_e_destaques/2008%20actualidades%20e%20destaques/docs_2008/%7B2AE95ADE-DA15-49B8-AD87-E59941C747FC%7D_SIMPLEX_mai.pdf
 
http://www.isp.pt/winlib/cgi/winlibimg.exe?key=&doc=10646&img=599
 
http://www.dem.ist.utl.pt/acidentes/reconstituicao.shtml
 
As peritagens podem-se considerar:
 
As directas e as indirectas ou de reconstituição, estas ultimas, solicitadas pelos tribunais para determinação da responsabilidade e atribuição do grau de culpa;
 
No domínio da investigação em segurança rodoviária, o grau de influência e/ou responsabilidade de cada um dos elementos constitutivos, que produziram o evento (acidente), deverá ser apurado com todo o pormenor possível;
 
No efectivo apuramento das responsabilidades de todos os intervenientes e não só do condutor, muitas entidades responsáveis pela manutenção e sinalização das respectivas vias, seriam sem dúvida, condenadas em muitos casos.
 
Post’s relacionados:
 
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/9800.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/37229.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/44956.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/41639.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/46619.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/25080.html
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/18969.html
 
“A ciência é a luz do entendimento, guia da verdade, companheira da sabedoria”.
Bossuet
 

 

publicado por cambiantevelador às 16:28
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds