Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Viaturas em emergência...

 

 

Infortúnio público
 
Trânsito: Cinco mortos em 415 acidentes durante o fim-de-semana - GNR
28 Setembro 2009
Cinco pessoas morreram na sequência dos
415 acidentes de viação registados no fim-de-semana
nas estradas portuguesas, de acordo com dados da Guarda Nacional Republicana (GNR). A GNR indica, no seu site na Internet, que no domingo ocorreram 198 acidentes, que provocaram três mortos, três feridos graves e 78 ligeiros.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10171424.html
 
Recentes
Covilhã: Inquéritos vão averiguar causas da queda de autocarro de uma ponte 28 Set. 2009
A GNR e a Rodoviária da Beira Interior anunciaram esta tarde que vão abrir inquéritos ao acidente com um autocarro de passageiros, que caiu de uma ponte, na Covilhã, provocando dez feridos, dois em estado grave.
 
O acidente aconteceu às 13:00 quando o autocarro atravessava a Ponte Pedrinha sobre o Rio Zêzere, na estrada que liga Covilhã ao Ferro. Já quase no final do tabuleiro embateu no gradeamento da faixa contrária e capotou, caindo de uma altura de cerca de quatro metros.
http://aeiou.visao.pt/covilha-inqueritos-vao-averiguar-causas-da-queda-de-autocarro-de-uma-ponte-c-video=f530952
 
Passeio das Vindimas termina em tragédia
 
 
Uma mulher morreu e um homem ficou gravemente ferido
 
depois de o seu automóvel ter caído numa ribanceira de 30 metros, ontem, sábado, perto de Ermelo, em Mondim de Basto. As causas do acidente ainda não foram apuradas.
 
O veículo 2 Cavalos de cor vermelha conduzido por António Almeida "foi comprado de propósito para este passeio", adiantou ainda Fernando Cardoso, e "era a primeira vez que participavam numa iniciativa da Bicavalaria do Minho - Clube Dois Cavalos".
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Vila Real&Concelho=Mondim de Basto&Option=Interior&content_id=1373424
 
Estradas Rurais
http://www.rospa.com/roadsafety/advice/highway/RuralRoads.htm
 
Avó e neto morrem em colisão na EN 112
2009-07-24
 
Dois mortos, avó e neto, é o balanço de uma colisão entre dois automóveis registada na EN 112, que liga Castelo Branco a Salgueiro do Campo, perto da aldeia de Palvarinho.
 
Outras duas pessoas, os condutores de ambas as viaturas, sofreram ferimentos graves e foram encaminhados para o Hospital de Castelo Branco, avançaram ao JN fontes das autoridades policiais e de socorro.
 
O acidente - que aconteceu numa recta e cujas causas não estão ainda esclarecidas - deu-se pouco depois da meia-noite…
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Castelo Branco&Concelho=Castelo Branco&Option=Interior&content_id=1315883
 
Negligência Grosseira
 
Atropelamento mortal foi negligência grosseira.
2009-05-29
 
O Ministério Público (MP) acusou por homicídio por negligência grosseira
o motorista da ambulância do INEM envolvido no atropelamento mortal de um jovem motociclista, em Agosto do ano passado, num cruzamento do centro do Porto.
 
O caso aconteceu no cruzamento das ruas de Aníbal Cunha e de Sacadura Cabral, no dia 9 de Agosto do ano passado.
 
A ambulância seguia em marcha de emergência e o condutor passou um sinal vermelho.
 
O motociclo conduzido por Rui Severino, de 23 anos, que acabaria por morrer, embateu na ambulância.
 
Vários dos acontecimentos que se seguiram geraram forte controvérsia, nomeadamente quanto ao teste de alcoolemia efectuado ao motorista, Hugo D., 27 anos. O motorista não soprou ao balão no local.
 
Foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Porto, onde foi submetido a um teste sanguíneo para detecção de álcool.
 
Um mês depois, o IML emitiu um relatório em que atribuía ao condutor uma taxa de 1,36 gramas de álcool por litro de sangue (g/l). Mas o resultado acabou por ser anulado mais tarde pelo próprio IML, com a justificação de que o resultado verdadeiro era de 0,0 g/l. O erro foi atribuído a uma falha numa máquina de medição de álcool no sangue.
 
Mas também a velocidade a que seguia a ambulância foi questionada, uma vez que o número supostamente indicado no tacógrafo, seria bastante inferior que testemunhas atribuíram ao andamento do veículo. Por outro lado, apurou-se depois que o motorista
 
não tinha a carta que o habilitaria a conduzir viaturas de emergência médica.
 
Ao JN, Manuel Severino, o pai da vítima, já se congratulou com a decisão do MP." Só é revoltante que, depois de tudo o que está a acontecer, o motorista continue ao serviço", afirmou. Madalena Lima, a advogada da família da vítima, não tem dúvidas de que a a acusação é "um grande passo", mas considera que ainda "há muita coisa por explicar".
"Por exemplo, o facto de não ter sido feito o teste de alcoolemia no local", enumera.
A pena prevista para o crime de homicídio por negligência grosseira pode chegar aos cinco anos de prisão.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/policia/interior.aspx?content_id=1247246
 
Técnicos do INEM sem carreira fazem socorro ilegal
 
O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) está a prestar socorro de forma ilegal. Os cerca de 700 Técnicos de Ambulância de Emergência (TAE) não têm carreira nem a situação profissional regularizada na função pública.
 
A denúncia é do Sindicato dos Técnicos de Ambulância de Emergência (STAE). No inicio do ano, o Governo não incluiu os TAE do INEM no regime geral da função pública.
 
Com a criação da carreira, os novos técnicos, após uma formação de 1475 horas, passavam a poder administrar medicação, fazer acessos venosos nos doentes e reanimação cardíaca avançada, como acontece em vários países europeus.
Mas os enfermeiros nunca admitiram que os TAE, ainda que supervisionados por clínicos, praticassem actos médicos em emergência pré-hospitalar.
 
http://bombeirosportugal.wordpress.com/2009/08/11/tecnicos-do-inem-sem-carreira-fazem-socorro-ilegal/
 
Despiste de viatura dos bombeiros faz três feridos
2009-07-30
 
Uma viatura ligeira de combate a incêndios dos Bombeiros Voluntários de Almodôvar, despistou-se hoje, quinta-feira, na Auto-estrada do Sul (A2), num acidente que provocou um ferido grave e dois ligeiros.
 
O despiste da viatura, na qual seguiam
o comandante, o adjunto de comando e o chefe dos bombeiros de Almodôvar,
foi provocado pelo "rebentamento de um pneu", explicou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.
O acidente ocorreu por volta das 11:30, ao quilómetro 220,9 da A2, no sentido Norte-Sul, precisou a fonte do CDOS. 
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Beja&Concelho=Almodovar&Option=Interior&content_id=1321547
 
Acidente com carro de bombeiros faz três mortos
Um acidente com um carro dos
Bombeiros Voluntários de Esposende,
este domingo, em Felgueiras, causou três mortos e dois feridos graves. 
 
A viatura estava inserida numa coluna de carros de bombeiros que iam combater um incêndio em Fafe e caiu de um viaduto na A7, em Jugueiros, entre Vizela e Felgueiras.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Felgueiras&Option=Interior&content_id=1374033
 
 
Algarve: Líder de campanha rodoviária ‘caçada’ em excesso de velocidade
19 Abril 2009
 
GNR trata VIP de forma especial
Enquanto cidadã e condutora normal, a governadora Civil de Faro teria sido obrigada a pagar na hora uma multa de 120 euros por excesso de velocidade, depois de fotografada a 87km/h numa zona de limite nos 50 km/h, pelo radar da GNR à saída de Portimão, no Algarve. Mas, apurou o CM, não foi o que aconteceu – apesar de Isilda Gomes seguir, anteontem, no seu carro particular.
Isilda Gomes, que é a
responsável pelas campanhas de segurança na estrada e pelo combate à sinistralidade rodoviária na região,
informou desde logo os militares sobre o seu cargo no Algarve e seguiu caminho em direcção à A22, como se circulasse numa viatura oficial do Estado, que tem privilégios sobre outras viaturas.
 
Segundo uma norma interna da GNR baseada no
artigo 64º do Código da Estrada,
a que o CM teve acesso, os condutores dos veículos do Estado ao serviço de ministérios, governos civis e autarquias
'podem, quando a sua missão o exigir, deixar de observar as regras e os sinais de trânsito'.
 
Perante as infracções, com destaque para excessos de velocidade detectados por radares, os militares devem 'limitar-se a fazer apenas a participação dos factos [infracções] e remetê-la à respectiva Unidade de Comando', pode ler-se no documento.
 
Os comandos locais, com a reestruturação da GNR, voltam a ter o poder de decidir se a multa é passada ou perdoada.
 
Foi o que aconteceu no caso da governadora Civil de Faro, apesar de circular no seu automóvel particular. 'Numa situação normal tinha de ser passado o auto de contra-ordenação e a senhora tinha de pagar a multa no local – ou então ficava com os documentos apreendidos até ao pagamento', referiu fonte da GNR.
 
Contactada pelo CM, Isilda Gomes não quis comentar o tratamento VIP.
 'Tudo o que tinha a dizer já disse', referiu.
O Comando de Faro da GNR também não quis ontem prestar qualquer esclarecimento sobre este assunto.
 
'NÃO PODEMOS VOLTAR ATRÁS E PERDOAR MULTAS'
 
A actuação da GNR nos casos de infracções ao Código da Estrada por parte de viaturas que circulem em missão de polícia, prestação de socorro ou alegado serviço urgente de interesse público é contestada pela Associação Sócio-profissional Independente da Guarda (ASPIG).
 
A razão da discórdia é o facto de ser o comando local, em cada região, a decidir se as entidades multadas devem pagar ou não as multas.
 
'A ASPIG defende que deve ser o Comando-Geral a tomar essas decisões,
para travar alguns abusos que poderão acontecer devido às relações próximas entre os intervenientes', defende José Alho, presidente da ASPIG.
 'Não podemos voltar atrás no tempo, quando eram constantemente perdoadas multas a pessoas conhecidas deste País', sublinhou ao CM o dirigente.
 
PORMENORES
CONDUTOR TESTEMUNHA
Um condutor contou ao ‘CM’ que viu a governadora 'ser interceptada pela GNR'. Dez minutos depois foi ultrapassado na Via do Infante pela representante do Governo.
 
TELEFONEMA
O CM sabe que, posteriormente à infracção, Isilda Gomes contactou um oficial da GNR para saber como lidar coma situação.
 
SEM EXCEPÇÃO
Os militares têm ordens expressas para exigir o pagamento aos condutores normais.
 
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010&contentid=2A48FCD7-DF64-4934-A31A-E32096EB4944
 
 
Lá por fora…
 
Morreu atropelada por carro patrulha em excesso de velocidade
Veículo circulava a 150 km/hora numa zona residencial
Hayley Adamson, uma jovem de 16 anos, foi catapultada e atirada ao ar ao ser atropelada por um carro patrulha que seguia a alta velocidade, segundo o site Mailonline.
 
Segundo o site, a adolescente foi cuidadosa ao tentar atravessar a estrada, em Denton, Newcastle, e apesar de estar visível do ângulo em que seguia o carro patrulha, não foi suficiente para evitar o acidente.
 
John Dougal, o condutor do veículo, circulava a 150 km/hora numa zona residencial, como indicou mais tarde um teste feito ao velocímetro. Dougal tentou travar, mas não conseguiu evitar o atropelamento mortal de Hayley.
 
Dougal, de 41 anos, seguia em perseguição de um veículo. Mas afinal, o caso não passava de um falso alarme. Para piorar a situação, não levava a sirene ligada para evitar que o veículo suspeito se colocasse em fuga.
 
A adolescente não resistiu aos vários ferimentos e foi declarada morta ainda no local.
 
Em tribunal, o polícia negou velocidade perigosa como causa do acidente, mas não convenceu os jurados, que consideraram a velocidade desproporcional à situação, causando a morte a Hayley.
 
Foi também levantada a hipótese de a adolescente ter álcool no sangue na altura do acidente, o que poderá ter afectado a sua atitude na altura de atravessar a estrada.
 
John Dougal é acusado de causar a morte a Hayley, por condução perigosa, no passado mês de Maio, continuando o caso em julgamento.
 
http://diario.iol.pt/exportacao---rtl/carro-atropelamento-julgamento-policia-adolescente-tvi24/1053932-4207.html
 
Caça a motoristas imprudentes
 
La Guardia Civil galega leva a sério caça motoristas imprudentes. O método para capturar aqueles que funcionam sob a influência do álcool, excesso de velocidade ou sem carta ultrapassa a simples vigilância e o radar localizado nas estradas.
 
Quando um motorista é preso em várias ocasiões a cometer aquilo que é chamado de ofensa de tráfego, os seus dados e o seu carro fica registado nos arquivos da Brock. Com esta informação, os agentes podem controlar todos os tolos 24 horas por dia.
 
http://comunidad.terra.es/blogs/extreme/archive/2009/01/16/
conductortemerarioelgranhermanotevigila.aspx
 
 
Segunda Lei de Finagle
 
Qualquer que seja o resultado previsto, haverá sempre alguém disposto a:
  1. interpretá-lo mal
  2. falseá-lo, ou
  3. acreditar que aconteceu de acordo com a sua própria teoria de estimação.
 
 

 

publicado por cambiantevelador às 23:30
link do post | sujerir | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Segurança activa...

 

Automóveis - Segurança activa

Tecnologia em sistemas de segurança
 
 
Visão nocturna e câmaras térmicas que realçam peões ou animais presentes na via
 
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/59748.html
 
 
Volvo com câmaras e sensores de alerta do condutor
 
http://www.spiegel.de/auto/werkstatt/0,1518,302313,00.html
 
Materiais compósitos como o carbono e o kevlar já utilizados nos carros super-desportivos como o Ferrari Enzo
 
http://auto.howstuffworks.com/fastest-ferraris.htm/printable
 
Renault tem sistema de segurança que conjuga os cintos – sistema anti-afundamento
 
http://62.28.96.4/comunicado/CI-Novo_GrandScenic.pdf
 
 
Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel
 
http://www.ceiia.com/
 
Condutor multado por ter acidente ao seguir indicações do GPS
 
Um automobilista britânico que ia caindo de um precipício por seguir as indicações do seu leitor de GPS, foi multado por falta de cuidado na estrada.
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx?content_id=148203
 
O teste que a maior parte das marcas solícita para os seus modelos é o Euro NCAP
 
A velocidade média de teste Euro NCAP é de 64 km/h. A avaliação é medida em estrelas, de zero a cinco, e estima não só os impactos de um acidente nos passageiros como nos peões.
 
http://www.euroncap.com/home.aspx
 
 
Automóveis Skoda continuam a aumentar a segurança de seus carros.
 
Além da simulação em computador e crash tests, começam a examinar o comportamento do condutor e reacções reais de acidentes de viação.
 
http://virklis.cust.ignum.cz/tuv-downloads/2008/vyzkum-dopravnich-nehod-skoda-auto.pdf
 
Highways Agency Traffic Officers
 
Agentes de Tráfego das Auto-estradas são treinados para um alto padrão de segurança para lidar com clientes, gestão do tráfego e utilização da tecnologia.
 
http://www.highways.gov.uk/knowledge/601.aspx
 
Acidentes: 
http://www.youtube.com/watch?v=JdKfvicDlzE
 
SIMULADOR DE CONDUÇÃO - VIVER O FUTURO
http://dvice.com/archives/2009/07/80-million-joy.php
 
  Um carro recente deforma-se mais do que um mais antigo
 Absorvendo assim mais energia do IMPACTO
 
O Instituto de Seguros de Segurança Rodoviária realizou um crash-test para demonstrar os avanços na segurança do veículo motorizado ao longo dos últimos 50 anos.
 
http://www.youtube.com/watch?v=_xwYBBpHg1I
 
Best of - Crash Test Compilation ! Part 1
http://www.youtube.com/watch?v=tOs6MrYDhc4
 
Best of - Crash Test Compilation ! Part 2
http://www.youtube.com/watch?v=usWtTs0IdNM
 
Best of - Crash Test Compilation ! Part 3
http://www.youtube.com/watch?v=r_wcUFOpdjI
 
Best of - Crash Test Compilation ! Part 4
http://www.youtube.com/watch?v=kSg_HDFUGvI
 
REPARAÇÃO DO FUTURO DA BMW
http://www.youtube.com/watch?v=NUUyFjWeCLY
 
 
As marcas têm melhorado muito as condições de segurança, mas a publicidade que se faz, que coloca, um enfoque maior na performance e velocidade do veículo do que na segurança que efectivamente proporcionapode complicar a vida dos condutores.
 
"A primeira coisa que um bom cientista faz quando está diante de uma descoberta importante  é tentar provar que ela esta errada"   Albert Camus
 
 
 
 

 

publicado por cambiantevelador às 01:21
link do post | sujerir | favorito
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Brisa condenada...

 

Tribunal de Alenquer
Brisa condenada por acidente mortal na A1 que envolveu javali em 1999
 
O Tribunal de Alenquer condenou a Brisa – Auto Estradas de Portugal a pagar uma indemnização aos pais de uma jovem que morreu, em Novembro de 1999, num acidente provocado por um javali quando viajava na auto-estrada A1
 
A juíza considerou que
«a factualidade apurada permite afirmar com segurança a culpa efectiva da ré Brisa na omissão do cumprimento da sua obrigação de garantir a segurança da circulação,
designadamente através da construção de vedações que não permitam a entrada na via de animais, mormente de grande porte como é o caso de um javali».
 
O acórdão - conhecido esta semana - refere que a Brisa
«nem sequer provou genericamente ter cumprido as suas obrigações de vigilância e de conservação das redes laterais da via, uma vez que se apurou a existência de um espaço na parte de baixo da vedação, através do qual o javali se introduziu na via, espaço esse que no dia seguinte ao do acidente foi tapado»,
provando que
«não se justificava que existisse naquele local, nomeadamente para evitar o entupimento de linhas de água».
 
António Oliveira, pai de Sandra, que tinha 28 anos à data do acidente, disse à agência Lusa que a sentença «vem fora de tempo».
 
Declarando ter «pudor» em falar em dinheiro quando se trata da perda da sua filha, António Oliveira disse à Lusa que não lhe custa
«exigir à Brisa o que ela tanto gosta»,
lamentando a atitude da concessionária, que, segundo ele, começou por lhe escrever uma carta dizendo que não tinha qualquer responsabilidade no acidente.
 
«Tiveram que engolir o sapo, de dizerem que estava tudo bem quando tudo estava mal»,disse, recomendando a quem recebe da Brisa a ‘carta tipo’ com que habitualmente a concessionária responde, que a «rasgue» e arranje «coragem» para lutar contra um «gigante» e uma «máquina que não anda».
 
Além da morosidade da justiça, obrigando a «remexer» com sentimentos que magoam – «é uma ‘moedeira’» -, António Oliveira considera incompreensível que o Instituto de Medicina Legal (IML) tenha demorado três anos a entregar o relatório sobre as causas da morte de Sandra, documento essencial «para não haver mais jogo de empurra».
 
Ainda houve uma tentativa de atribuição da responsabilidade pela morte de Sandra à viatura que vinha atrás e que embateu violentamente no seu carro, mas o documento do IML terá concluído pela gravidade das lesões provocadas pelo primeiro embate, disse.
 
Confessando que o que o moveu nestes anos foi
«um rancor de dizer 'não vos perdoo'»,
António Oliveira espera também que a sentença leve outros a «ganhar coragem», obrigando a que haja «mais cuidado no futuro».
 
Durante o julgamento ficou a saber-se que «cerca de uma ou duas semanas» antes do acidente que vitimou Sandra «ocorreu pelo menos um outro acidente de viação com um javali, do qual a ré Brisa teve conhecimento», precisamente entre os quilómetros 30 e 39 da A1 (o embate de viatura da jovem com o javali ocorreu ao quilómetro 31,750).
 
Contactado pela Agência Lusa, o gabinete de relações públicas da Brisa informou que ainda está a decorrer o prazo para eventual recurso, pelo que a empresa está a analisar o processo e decidirá «oportunamente» se recorre ou não. Lusa / SOL
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=148273
 
Acordãos:
 
http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/693ea8e2be38dfea80256f16003a8ffc?OpenDocument
 
http://www.dgsi.pt/jstj.nsf/954f0ce6ad9dd8b980256b5f003fa814/a70cf06f71f614a7802575550054be4c?OpenDocument&Highlight=0,BRISA
 
http://cambiantevelador.blogs.sapo.pt/15762.html
 
Derrocada
Magistrado defende investigação à tragédia de Albufeira
 
O presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) considera que o MP
«tem necessariamente que abrir um inquérito-crime»
à tragédia ocorrida sexta-feira na Praia Maria Luísa para «averiguar eventuais responsabilidades»
 
«Uma vez que é evidente que a arriba constituía um perigo para a integridade física das pessoas, a situação não podia deixar de ser do conhecimento das autoridades competentes e, face ao resultado (cinco mortos e três feridos), o MP tem necessariamente que abrir um inquérito-crime», disse João Palma à agência Lusa.
 
O presidente do SMMP disse estar «convencido» de que o inquérito-crime já terá sido aberto, sublinhando que «se não foi, terá que ser, o mais urgentemente possível, uma vez que se impõem diligências de investigação imediatas que passam desde logo pela preservação do próprio local onde a tragédia ocorreu para análise das características do terreno e do grau de previsibilidade da derrocada, que acabou por se verificar».
 
No sábado, um dia depois da trágica derrocada na praia algarvia de Maria Luísa, a responsável da Administração Hidrográfica da Região (AHR) do Algarve, Valentina Calixto, assegurou à Agência Lusa que para as 22h de hoje está agendada a remoção total do bloco da falésia que provocou cinco mortos. Lusa / SOL
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=146030
 
15 Setembro 2009
Decisão: Marido indemnizado por mulher perder desejo sexual após acidente
 
O romântico amor platónico cai bem aos poetas, mas não calha bem com o dia-a-dia da nossa sociedade de hoje.” A certeza é dos juízes-conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça que entenderam indemnizar um funcionário judicial por a sua mulher, na sequência de um acidente de viação, ter perdido o desejo sexual.
'Se o acidente de viação provocou lesões ao seu cônjuge que a impedem de ter relações sexuais, na medida em que isso afecta o casamento, sentindo-se o autor também afectado, está provado o nexo de causalidade entre o evento e o dano, que se configura como dano não-patrimonial', dizem os magistrados que, no total, atribuíram ao casal uma indemnização de 667 mil euros.
 
A falta de desejo sexual é invocada no mesmo acórdão para atribuir parte da indemnização à mulher, igualmente por danos não-patrimoniais:
'Uma vez que a sua qualidade de vida ficou profundamente afectada, os seus direitos conjugais amputados numa parte importante (...) e os seus projectos de ter mais filhos comprometidos'.
 
O acórdão, a que o CM teve acesso, conta a história de ‘Maria’, nome fictício, que, em 2003, foi vítima de um acidente de viação violento.
 
Sofreu traumatismo craniano grave, esmagamento da massa encefálica e perfuração do crânio. Esteve internada 45 dias nos Cuidados Intensivos do Hospital de Braga e, ao regressar a Barcelos continuou em tratamentos de Neurologia, Ortopedia, Psiquiatria, Urologia, Cirurgia Plástica e Oftalmologia.
 
No mesmo acórdão lê-se ainda que ‘Maria’ era proprietária de uma fábrica têxtil e auferia mensalmente cerca de mil euros. A incapacidade total sofrida impede--a ainda de voltar a trabalhar, tendo o marido também estado de baixa médica durante cerca de um ano, com reflexos na subida da sua carreira profissional.
 
CALCULADA IDADE DE VIDA DA VÍTIMA ATÉ AOS 85 ANOS
 
Para calcular o montante de parte da indemnização (graças à necessidade de acompanhamento diário devido às lesões) o Supremo teve como pressuposto a diferença entre a data em que regressou a casa – 10/09/2003 – e os 85 anos 'tempo provável de duração de vida'. 'Considerar--se-á ainda um salário médio mensal de 600 €, tendo em conta não só o valor do salário mínimo nacional para 2008, como também a previsível necessidade que o auxílio da terceira pessoa se prolongue para além das oito horas da jornada de trabalho diária, sendo certo que o acompanhamento se há-de fazer mesmo aos fins-de-semana, feriados e férias', dizem os juízes que defendem o tempo de duração da despesa como sendo de 528 meses. 'Deste modo, esta parte da indemnização é fixada em 316 800 €', pode ler-se no acórdão.
 
INTERPRETAR O LEGISLADOR
 
Os juízes são claros no acórdão. A lei deve ser interpretada segundo os princípios racionais e não apenas analisada à letra. Por isso, não faz sentido, dizem, indemnizar alguém só em caso de morte. Um exemplo que referem é o facto de, por exemplo, uma criança sofrer ferimentos graves que a tornam incapaz para a vida adulta.
Sofrerão menos os pais por ela não ter morrido?, perguntam os magistrados, concluindo que tal não faz sentido.
 
'Não se vê que este entendimento das coisas possa originar, como já se tem dito, a abertura duma tal ou qual caixa de pandora', acrescentam depois os magistrados, lembrando que
os tribunais devem exigir 'sempre e em todos os casos que os danos morais sejam graves,
medindo essa gravidade por padrões objectivos mais ou menos estritos'. A 'não-consumação do casamento é um desses casos graves', concluem.
 
PORMENORES
 
50 MIL POR IMPOTÊNCIA
 
Uma mulher vai ser indemnizada porque o marido ficou impotente num acidente de viação. A decisão foi tomada em Maio pelo Supremo Tribunal de Justiça, que condenou a seguradora do responsável pelo acidente ao pagamento de 50 mil euros.
 
JURISTA DEFENDE
 
Os juízes citam o jurista Jorge Duarte Pinheiro e a sua obra ‘O Núcleo Intangível da Comunhão Conjugal’. 'O acto ilícito de terceiro que impossibilita uma pessoa casada de ter relações sexuais viola direitos de duas pessoas (...)
o direito à integridade física de que é titular a «vítima principal», e o direito de coabitação sexual, pertencente ao cônjuge.'
 
DOIS ACÓRDÃOS
 
Em dois acórdãos, da Relação do Porto e de Coimbra, já se defendia que, se 'a lesão em causa ofende directamente o direito à sexualidade', esse direito deve ser encarado como um direito de personalidade dos envolvidos.Tânia Laranjo
 
http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?contentid=8DB0B179-08D3-4E21-9ECD-41AF0EDB05FC&channelid=00000181-0000-0000-0000-000000000181
 
 
UMA PEQUENA HISTÓRIA (QUASE UMA FRASE...):

"Conta-se que certo escritor uma vez, caminhava
numa praia deserta, quando avistou à distância, um homem
a recolher algo das areias e a atirar ao mar.

Curioso, aproximou-se para ver do que se tratava.
O homem recolhia estrelas-do-mar, que as águas
trouxeram para a areia da praia, e devolvia-as ao mar.

O escritor perplexo ao ver aquilo, perguntou ao homem:
Mas que está fazendo? São muitas estrelas...
...e essa praia é enorme!

O homem sorriu, baixou-se, pegou mais uma estrela e
mostrando-a ao escritor, disse:
Pode ser... mas para esta aqui, eu fiz a diferença - e devolveu-a
novamente ao mar.

O escritor passou a noite, a pensar no que o homem lhe havia dito.
    
No dia seguinte, o escritor acordou bem cedo, e foi sorrindo
pegar estrelas...".
 
Autor desconhecido
 
 
 
 
publicado por cambiantevelador às 01:06
link do post | sujerir | favorito
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Reconstituição de acidentes...

 

 

Julgamento de acidente na A23 em Novembro
Condutores envolvidos estão acusados de 46 crimes
2009-08-05
 
Os dois condutores envolvidos no acidente ocorrido na A23 em 2007, que provocou 17 mortos, vão começar a ser julgados no dia 19 de Novembro. Ambos respondem por um total de 46 crimes, 34 dos quais são de homicídio por negligência.
 
Para além destes crimes, os dois arguidos estão ainda acusados de mais 12 por ofensas à integridade física…
 
Tendo por base a reconstituição do acidente - feita a 20 de Fevereiro
"Hoje em dia, pequenos actos negligentes podem causar catástrofes"…
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Castelo Branco&Concelho=Castelo Branco&Option=Interior&content_id=1325976
 

 

Sete mulheres mortas em carrinha de dois lugares
 
Um acidente na variante de Cavalum, junto do Parque da Cidade de Penafiel, causou sete mortos. 
 
As vítimas são todas mulheres e viajavam numa carrinha de dois lugares.
 
Segundo o JN conseguiu apurar, o acidente resultou de um choque entre dois veículos ligeiros: uma "Renault Kangoo", de dois lugares, que transportaria as sete vítimas mortais, e uma "Mercedes Vito", com três pessoas, que sofreram apenas ferimentos ligeiros.  
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1363730
 
http://jn.sapo.pt/multimedia/video.aspx?content_id=1363824
 
Carro mata casal no passeio
 
Um acidente de viação, na Maia, causou hoje, quinta-feira, dois mortos e dois feridos graves.
 
As vítimas mortais encontravam-se no passeio e foram colhidas pelo veículo de mercadorias, que capotou e deslizou para o passeio.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Maia&Option=Interior&content_id=1351833
 
http://jn.sapo.pt/multimedia/video.aspx?content_id=1351983
 
EN 109 sem passeios é perigosa para os peões
 
Milhares de pessoas são obrigadas a circular pela berma da estrada
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Vila Nova de Gaia&Option=Interior&content_id=1362070
 
Sexagenária morre debaixo de carrinha
 
Uma sexagenária morreu, ontem de manhã, debaixo de uma carrinha de mercadorias, em Eixo (Aveiro).
 
A idosa seguia a pé, ajudada por um pequeno andarilho, junto às casas
- a rua não possui passeio -
quando terá sido atingida pela carrinha, no movimento de marcha-atrás.
O caso está a ser investigado pela Investigação Criminal da Unidade de Trânsito da GNR…
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=Aveiro&Option=Interior&content_id=1362064
 
Três mortos em acidente na A1
 
Três mortos, todos da mesma família e residentes em Oeiras, é o resultado do acidente que ocorreu pelas 11.15 horas, na auto-estrada (A1), no sentido Norte/Sul, ao quilómetro 269, junto à ponte de Cabomonte, Souto.
 
…aconteceu numa zona de obras relativas ao alargamento da faixa de rodagem após a portagem da Feira, local em que a via de circulação se encontra substancialmente reduzida.
 
http://www.programadamanha.com/news.php?extend.248
 
Cientistas americanos criam estradas do futuro…
A tecnologia em desenvolvimento permitiria
aumentar a segurança na estrada através de sinais de perigo e avisos sobre obstáculos
e, simultaneamente, poderia contribuir para contrariar as Alterações Climáticas gerando energia por exemplo para recarregar carros eléctricos…
 
http://naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20&cid=8785&bl=1
 
Documentos Recomendados:
 
Optimization of Tilt Angle for Solar Collector to Receive Maximum Radiation
 
Study of Models for Predicting the Mean Hourly Global Radiation from Daily Summations
 
http://www.rubberhighways.com/links.html
 
http://www.recipav.pt/artigo.php?id=3
 

Easy Accident Reconstruction Diagrams

 

http://www.smartdraw.com/specials/ppc/accident-reconstruction-diagram.htm?id=90948&gclid=CMPw8dGn95wCFYIA4wodUXqfZw

 
Accident Reconstruction
 
http://www.accidentreconstruction.com/
 
Links Úteis:
 
AASHTO - American Association of State Highway and Transportation Officials
www.transportation.org

AEC - Asociación Española de la Carretera
www.aecarretera.com

AFESP - Associação Portuguesa de Fabricantes e Empreiteiros de Sinalização
www.afesp.pt

APCAP - Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Auto Estradas ou Pontes com Portagens
www.apcap.pt

APPC - Associação Portuguesa de Projectistas e Consultores
www.appconsultores.org.pt

CEDR - Conférence Européene des Directeurs des Routes

www.cedr.fr

European Comission Transport

ec.europa.eu/transport/

ERF - European Union Road Federation

www.irfnet.eu

ERSO - European Road Safety Observatory

www.erso.eu

ETSC - European Transport Safety Council

www.etsc.eu

FEHRL - Forum of European National Highway Research Laboratories

www.fehrl.org

FERSI - Forum of European Road Safety Research Institutes

www.fersi.org

IRF - International Road Federation
www.irfnet.org

IRF - International Road Federation, Geneva Programme Centre
www.irfnet.ch

IRF - International Road Federation, Washington Programme Centre
www.irfnews.org

ITS America - Intelligent Transportation Society of America
www.itsa.org

ITS Portugal - Associação Portuguesa para a Promoção de Sistemas e Serviços Inteligentes de Transporte
www.its-portugal.eu

PIARC - World Road Association / AIPCR - Association Mondiale de la Route

www.piarc.org

World Bank

www.worldbank.org

 

"Quando, num país, o infortúnio se generaliza, o egoísmo, por sua vez, se universaliza."

 

Barão de Montesquieu

 

 

 

publicado por cambiantevelador às 00:17
link do post | sujerir | favorito
Sábado, 12 de Setembro de 2009

Mais 20 mortos nas estradas...

 

 

Vinte mortos em 1.052 acidentes entre domingo e quinta-feira GNR
11 de Setembro de 2009
Lisboa, 11 Set (Lusa) - Vinte pessoas morreram entre domingo e quinta-feira em 1.052 acidentes de viação em Portugal Continental, de acordo com dados da GNR.
Entre domingo e quinta-feira, os 1.052 acidentes registados pela GNR provocaram 20 mortos, 27 feridos graves e 314 feridos ligeiros.
No domingo, registaram-se 194 acidentes, três mortos, 10 feridos graves e 64 ligeiros, enquanto na segunda-feira ocorreram 222 acidentes, de que resultaram cinco vítimas mortais, um ferido grave e 67 ligeiros.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10105222.html
 
Segurança rodoviária: Governo aprova exames médicos mais exigentes para obter carta de condução
Lisboa, 10 Set.(Lusa) - O Governo aprovou hoje em Conselho de Ministros um diploma que tornará mais exigentes os exames médicos realizados a quem pretende obter ou renovar a carta de condução, com o objectivo de "reduzir os índices de sinistralidade" rodoviária.
Segundo o governo, o decreto-lei hoje aprovado, no quadro do regulamento da habilitação legal para conduzir, pretende
"assegurar que o acto médico de avaliação do candidato a condutor ou condutor seja o mais exaustivo possível e tenha em conta o interesse dos avaliados e o da segurança rodoviária da comunidade".
Em comunicado, a presidência do Conselho de Ministros indica que se dá
"especial enfoque ao exame oftalmológico"
e é também contemplada "a existência de centros de avaliação médica e psicológica, responsáveis pela avaliação da aptidão física, mental e psicológica".
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10102652.html
 
Inspecções mais caras a partir de segunda-feira
11-09-2009
 
As inspecções automóveis ficam mais caras a partir de segunda-feira, mais 27 cêntimos nas vistorias a veículos ligeiros e 41 cêntimos nos veículos pesados, segundo uma portaria publicada hoje em Diário da República.
http://motores.sapo.pt/artigo/10898
 
11 de Setembro de 2009
Acidentes, suicídios e violência culpados de 25% mortes jovens

Os acidentes de viação, os suicídios e a violência são os culpados de uma quarta parte das mortes anuais dos jovens entre os 10 e 24 anos no mundo, revela um estudo publicado na revista médica The Lancet.
 
O estudo, apoiado pela Organização Mundial de Saúde e que teve as contribuições de investigadores australianos, britânicos e suíços, assinala que uma em cada quatro mortes nos jovens entre os 10 e os 24 anos se deve a factores externos - e não a doença - que poderiam evitar-se com políticas educativas e informativas eficazes.
 
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=13&id_news=409106
 
http://www.thelancet.com/
Campanhas de Seg. Rodoviária
 
http://www.youtube.com/watch?v=gtEO0QXGntQ
 
http://www.youtube.com/watch?v=gPeX8BXanPQ
"Sem linguagem nova não há realidade nova"   Glauber Rocha

publicado por cambiantevelador às 17:35
link do post | sujerir | favorito
Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Estradas sem harmonia...

 

 

09 Setembro 2009
Marateca: Dois mortos e 5 feridos
Uma colisão entre dois ligeiros, ocorrida ontem às 21h19 na A6, no troço Montemor - Marateca, provocou duas vítimas mortais e cinco feridos, dois dos quais em estado grave, informou o Comando Distrital de Operações de Socorro de Évora. As operações envolveram 26 bombeiros de Montemor e Vendas Novas.
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentID=A177D8BF-D288-4AFA-A15B-37CF6CC4686E&channelID=00000021-0000-0000-0000-000000000021
08 Setembro 2009
Albufeira e  viaduto Duarte Pacheco

 

Mãe de Hélder Fernandes recorda pressentimento quando não viu filho de 16 anos a dormir no quarto “Senti que ele morrera”

Um despiste e choque brutal de carro roubaram ontem de madrugada a vida a quatro jovens, entre os 16 e os 19 anos, na estrada que liga Vale Parra à Guia, no concelho de Albufeira
DISCURSO DIRECTO
 
"FALTA DE RESPEITO EM GERAL", José Miguel Trigoso, Presidente da Prevenção Rodoviária Portuguesa
 
Correio da Manhã – O que tem falhado para que o número de acidentes nas estradas portuguesas não pare de aumentar?
 
José Miguel Trigoso – Estou muito preocupado com os acidentes e com a quantidade de famílias destruídas. As pessoas vivem muito o risco e a sociedade não sabe punir os infractores. Há uma falta de respeito geral.
 
– Acha que as autoridades não têm sido eficazes?
 
– As autoridades não podem actuar quando não as deixam. Por exemplo, a extinção da Brigada de Trânsito é um exemplo. Notou--se logo uma redução na eficácia na prevenção dos acidentes. Isso não podemos negar.
 
– O que falta fazer?
 
– Apelar à prevenção nunca é demais, mas as estradas não começaram a ser más de repente. Enquanto não houver uma harmonia entre a mensagem e o receptor, nada feito.
 
http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000009-0000-0000-0000 000000000009&contentid=42472D1A-1C88-4180-B41F-6F91A6776750
Trânsito retomado no viaduto Duarte Pacheco depois de acidente que obrigou a corte 
07.09.2009
 
Foi finalmente aberto o viaduto Duarte Pacheco, no sentido Cascais Lisboa…Segundo o comando metropolitano de Lisboa da PSP, a viatura que capotou seguia no sentido Lisboa - Cascais e saltou o separador central do viaduto, embatendo nos carros que seguiam no sentido contrário, em hora de ponta. Estiveram envolvidas 14 viaturas no acidente que registou três feridos…

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1399491
 
 
Santarém 06 SET 09  
Despiste de um ligeiro faz um morto
 
Um homem morreu hoje de madrugada na sequência do despiste de um ligeiro de passageiros, na Estrada Nacional 25, distrito de Santarém, disse à Lusa fonte do Comando Geral da GNR
No sábado, a GNR registou 210 acidentes, dos quais resultaram um morto, um ferido grave e 78 ligeiros.
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=147150
 
Acidentes/Torres Vedras: Um morto e três feridos graves em despiste de automóvel - GNR
06 de Setembro de 2009
Lisboa, 06 SET (Lusa) - Uma pessoa morreu e três ficaram gravemente feridas hoje à tarde na zona de Torres Vedras (Estrada Nacional 8) em consequência do despiste da viatura em que seguiam, segundo a Guarda Nacional Republicana.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10087634.html
 
Espanha: Onze feridos ligeiros em colisão de autocarro português com um camião
05 de Setembro de 2009
Burgos, Espanha, 05 Set. (Lusa) - Onze pessoas ficaram hoje ligeiramente feridas na sequência de uma colisão entre um autocarro português, que fazia a ligação entre Portugal e a Suíça, e um camião cisterna em Burgos, Espanha.
"Foi uma colisão por trás, do autocarro com o camião cisterna. Felizmente não há ferimentos graves a lamentar e todos poderão continuar a viajem", explicou a fonte.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10083555.html
 
http://www.soitu.es/soitu/2009/09/05/info/1252152641_336926.html
 
 
05 Setembro 2009
Porto: Condutor desaparece
O despiste de um automóvel na A4, sentido Porto-Amarante, à chegada da saída de Baltar, Paredes, provocou ontem, às 21h45, um ferido ligeiro, que ocupava o lugar ao lado do condutor. O condutor do veículo desapareceu do local do acidente, por razões que as autoridades ainda não tinham apurado à hora de fecho desta edição.
http://www.correiodamanha.pt/noticia.aspx?contentID=63E2CD81-BAA9-4811-8C3C-32E3051BBB22&channelID=00000021-0000-0000-0000-000000000021
 
Passagem de nível fatal continua a funcionar
2009-09-03
 
A passagem de nível sem guarda ou cancela, em Baião, onde perderam a vida cinco pessoas, continua aberta à circulação rodoviária…
 
Apesar da tragédia a travessia continuava, ontem, aberta à circulação
 
Embora a perigosidade da passagem de nível tenha sido reconhecida pela REFER e Câmara, continua por explicar a existência ainda de cinco passagens de níveis perigosas no concelho.
 
Perigo ainda está à espreita nas travessias ferroviárias do país
Passagens sem guarda
 
Desde 2003, dez pessoas morreram e cinco ficaram feridas em choques com comboios em passagens de nível sem guarda.
 
Os acidentes mortais deram-se a 7 de Julho de 2003, em Monte da Pedra (Crato); a 10 de Junho de 2004, na Ramalhada (Amarante); a 18 de Agosto de 2007, em Bela Mandil (OLhão); a 11 de Março de 2008, em Montijos (Leiria); e a 4 de Novembro do mesmo, em Gesteira (Vila da Feira).
 
Também sem sinalização
Em Fevereiro de 2007, um homem morreu quando o carro foi colhido por um comboio, numa passagem de nível do Fundão sem guarda, cancela e sinalização. Seis meses depois, um choque em Segadães (Viana) fez um ferido grave.
 
Sem visibilidade
A falta de visibilidade foi a causa apontada para um acidente, a 19 de Junho de 2003, no apeadeiro de Bias Sul (entre Olhão e Fuzeta), que fez três mortos e dois feridos.
 
Por erro humano
Em Abril de 2005, duas pessoas morreram e uma ficou ferida, em Darque (Viana). A funcionária não fechou as cancelas.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Bai%E3o&Option=Interior&content_id=1351219
Cronologia dos principais acidentes em passagens de nível ocorridos em Portugal desde 2003
 
2009
1 Setembro - Uma viatura que transportava sete pessoas que iam para uma excursão a Fátima colidiu com um comboio regional, numa passagem de nível sem guarda no lugar de Ponte Quebradas, Baião. O acidente provocou quatro  mortos e três feridos graves.
20 Abril - Um homem morreu colhido por um comboio no apeadeiro de Coimbrões, Gaia. A passagem de nível dispunha de sinalização e alarmes sonoros e visuais.
23 Março - Um homem foi trucidado por um comboio numa passagem de nível perto de Granja, Vila Nova de Gaia.
 
2008
4 Novembro - Uma colisão entre um comboio e um pesado de mercadorias na passagem de nível sem guarda da Gesteira, perto de Vila da Feira, causou dois feridos . A passagem de nível onde o acidente ocorreu não tinha barreiras nem sinalização sonora ou luminosa.
28 Outubro - Um homem de 83 anos foi colhido por um comboio, quando atravessava a pé a passagem de nível do Mirão, Baião.
11 Março - Quatro pessoas morreram num acidente na passagem de nível sem guarda,  de Montijos, Leiria. As vítimas seguiam numa viatura de transporte de doentes que foi abalroada por um comboio.
14 Janeiro -  Uma octogenária foi colhida mortalmente por um comboio em Seixas, Caminha, numa passagem de nível com pouca visibilidade.
 
2007
18 Agosto -  Uma viatura foi colhida numa passagem de nível não vigiada, situada na localidade de Bela Mandil, Olhão, provocando a morte da sua ocupante.
11 Agosto - Uma pessoa ficou gravemente ferida depois da  sua viatura ter sido colhida por um comboio no lugar de Segadães, Viana do Castelo, numa passagem de nível sem qualquer sinalização.
1 Fevereiro - Um homem de 75 anos morreu depois de a viatura em que seguia ter sido abalroada por uma automotora  numa passagem de nível sem guarda nem cancela, no Fundão.
 
2006
11 Dezembro - Um homem foi mortalmente atropelado por um comboio numa passagem de nível em Vila Franca de Xira. De acordo com testemunhas, a vítima encontrava-se bastante próximo da linha quando a composição embateu nele e o projectou. A passagem de nível estava sinalizada com sinal sonoro.
10 Agosto - Um homem morreu quando a viatura em que seguia foi colhida por um comboio Alfa Pendular numa passagem de nível em Miramar, Gaia. A passagem de nível em causa era automática.
 
2005
18 Dezembro - Uma viatura foi colhida numa passagem de nível com guarda em Mazarefes, Viana do Castelo, alegadamente devido a negligência da funcionária encarregue de fechar as cancelas, mas os dois ocupantes escaparam ilesos.
Abril - Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em Darque, Viana do Castelo, numa passagem de nível com guarda. A funcionária da Refer esqueceu-se de fechar as cancelas.
 
2004
12 Dezembro - Um comboio colheu um automóvel na passagem de nível em Recesinhos, Penafiel, provocando a morte a dois dos seus três ocupantes. A Refer garante que não houve avaria na passagem de nível.
17 Agosto -  Uma pessoa ficou ferida numa passagem de nível sem guarda na localidade de Paredes, Águeda. A vítima seguia num veículo que colidiu com uma automotora.
10 Junho - Dois jovens, que seguiam num ciclomotor,   morreram na passagem de nível sem guarda da Ramalhada, Amarante.
 
2003
21 Julho -  Uma pessoa ficou ferida com gravidade na passagem de nível na zona da Bemposta, Abrantes, que se encontrava bem sinalizada. O automóvel embateu contra uma máquina de obra que rebocava vagonetes.
7 Julho - Três pessoas morreram e duas ficaram feridas com gravidade na passagem de nível de Monte da Pedra, Crato. A travessia, sem guarda e sem cancelas, situa-se num local com visibilidade.
3 Julho - Um ferido sem gravidade na passagem de nível da Travessa da Arroteia, em Pedrouços, Maia
29 Junho - Dois mortos e um ferido muito grave na passagem de nível de Quintães, Barcelos. Tudo indica que o condutor tenha tentado passar sem respeitar o sinal luminoso e sonoro.
19 Junho - Três pessoas morreram e duas ficaram feridas, um em estado grave, no apeadeiro de Bias Sul, entre Olhão e Fuzeta. A causa provável do acidente terá sido a falta de visibilidade na passagem de nível…
 
Fonte
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/Interior.aspx?content_id=1350181&seccao=Norte
 

"É longo o caminho por meio de teorias, mas breve e eficaz por meio de exemplos."

(Sêneca)

 

 

 

 

 

publicado por cambiantevelador às 16:47
link do post | sujerir | favorito
Sábado, 5 de Setembro de 2009

Mais veículos nas auto-estradas...

 

 

Cinco mortos e seis feridos graves num só dia
Quinta-feira morreram nas estradas portuguesas cinco pessoas em oito acidentes que fizeram também seis feridos graves, segundo confirmou à agência Lusa a Guarda Nacional Republicana. 4 Set. 2009
No Distrito de Vila Real, um despiste com um veículo ligeiro fez dois feridos graves; no Porto, uma colisão com atropelamento entre duas viaturas fez dois mortos; em Viana do Castelo, uma colisão entre dois ligeiros fez um morto; em Braga, um atropelamento provocou dois feridos graves.
 
No centro do país, na Guarda, um despiste de um quadriciclo fez um ferido grave; em Santarém, uma colisão entre um ligeiro e um velocípede fez uma vítima mortal; em Setúbal, a colisão de um veículo ligeiro feriu gravemente uma pessoa.
 
A sul, no Distrito de Portalegre, um despiste de um ciclomotor provocou também uma vítima mortal. Segundo dados oficiais, em 2008, morreram 776 pessoas nas estradas portuguesas
 
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/Interior.aspx?content_id=1352820
Mais carros na estrada e comboio perde clientes
Quebras no transporte ferroviário foram mais expressivas na Área Metropolitana de Lisboa  2009-09-03
 
De Abril a Junho deste ano, o número de veículos a circular nas auto-estradas portuguesas aumentou.
 
 
Os combustíveis ficaram mais baratos e actualmente o cenário já não será o mesmo. Os números do segundo trimestre de 2009, indicam que algumas pessoas já começaram a tirar o automóvel das garagens, em detrimento do comboio.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1351298
 
Preços mais altos nas auto-estradas
 
Os combustíveis nas auto-estradas são vendidos mais caros do que fora delas e as diferenças de preço são praticamente inexistentes.
Segundo um estudo da Deco, "falta verdadeira concorrência" nas auto-estradas.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1316874
 
Governo ainda não decidiu aumento de portagens para condutores que entrem sozinhos em Lisboa
Medida é proposta num estudo sobre a melhoria da qualidade do ar
 
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1338053
 
03 Setembro 2009
O Estado da Nação
Auto-estradas sem critério
Portugal é um dos seis países da União Europeia com mais auto-estradas por habitante:
em 27 Estados-membros, Portugal tem cerca de 24 km por cem mil habitantes, quase tanto quanto a Espanha e mais do que Alemanha, Suécia, Dinamarca, Itália, França e Inglaterra, as economias ricas da UE.
O pior é que em nove das 25 auto-estradas portuguesas circulam em média, por dia, menos de dez mil carros,
um dos critérios internacionais para justificar uma auto-estrada.
 
Mesmo assim, com os projectos rodoviários em curso e os quatro a serem lançados até Junho de 2010, a rede irá aumentar 860 quilómetros.
E entre Lisboa e Porto surgirá uma terceira ligação deste tipo.
 
Comissão Europeia sobre o sector da energia e transportes na EU… 2545 km de auto-estrada em 2006, Portugal tinha uma rede maior do que Bélgica (1763), Suécia (1740), Dinamarca (1032), Áustria (1678), Grécia (1056) e Irlanda (270).
 
Os dados do Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias (INIR)
sobre o tráfego nas auto-estradas no primeiro trimestre deste ano, de Julho passado, indicam que o movimento médio diário de viaturas é inferior a dez mil carros em nove auto-estradas:
 
Quatro no Sul (A6, A13, A15 e A10), três no Norte (A7, A24 e A27) e duas no Centro (A14 e A23).
E no Norte há mais uma, a A11,
que em dois dos três primeiros meses deste ano registou um tráfego médio diário inferior a dez mil carros.

Apesar de estes dados indiciarem que
Portugal estará saturado de auto-estradas,
o Governo lançou dez novos empreendimentos rodoviários
com uma extensão de 2360 km, dos quais metade é estrada nova e 29 por cento corresponde a auto-estrada.
 
Já esta semana, foi anunciada a intenção de avançar com mais
quatro novas concessões até Junho de 2010.
 
O Executivo justifica esta prioridade política com o
“reforço da segurança rodoviária” e a
“promoção da coesão territorial”.
 
Os críticos desta opção contrapõem que Portugal já tem auto-estradas suficientes e que é necessário apostar em soluções com menores exigências de construção e de traçado...
 
Correio da Manhã – O próximo Governo deve suspender algum dos grandes projectos de investimento público?
 
Mira AmaralNeste momento não se justifica mais auto-estradas,
e deve apostar-se na
melhoria das acessibilidades às grandes cidades
 
COESÃO TERRITORIAL
As auto-estradas são apontadas como um elemento fundamental para obter maior coesão territorial e atrair ao Interior pessoas e empresas.
 
SOBREPOSIÇÃO DE VIAS
A aposta na extensão da rede de auto-estradas é dada como contraproducente, dado que quase um terço destas vias tem baixos níveis de tráfego
 
http://www.correiomanha.pt/Noticia.aspx?channelid=00000009-0000-0000-0000-000000000009&contentid=977F82F2-4B7B-4D0C-B692-465B3D809E3F
 
 
Mensagem:
Ninguém sabe que coisa quer
Ninguém conhece que alma tem
Nem o que é mal nem o que é bem [ ... ]
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro
Fernando Pessoa
 
 

 

 

publicado por cambiantevelador às 00:26
link do post | sujerir | favorito
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

Comboios sem guarda...

 

Baião:
Comboio matou quatro pessoas que iam a Fátima
 
Uma colisão entre um automóvel e um comboio numa passagem de nível sem guarda, em Baião, causou quatro mortos.
 
http://jn.sapo.pt/multimedia/video.aspx?content_id=1350203
 
Acidente em Baião: morreu mulher que estava internada em Penafiel
http://sic.sapo.pt/online/noticias/pais/Acidente+em+Baiao+morreu+mulher+que+
estava+internada+em+Penafiel.htm
 
Filha revelou que Manuel Lucas tinha cedido terreno para acabar com passagem
 
"O meu pai já tinha oferecido o terreno para acabarem, de vez, com aquela passagem de nível. Dizia que não queria que ninguém lá morresse. Veja a ironia do destino. Acabou por morrer ele lá!".
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1350401
 
 
Governo ordena inquérito a acidente na passagem de nível perto de Baião
 
A secretária de Estado dos Transportes revelou que já mandou abrir um inquérito sobre o acidente numa passagem de nível…
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1350133
 
Passagem perigosa estava aberta por falta de acordo com proprietários de terrenos
 
As passagens de nível estão classificadas em categorias, que traduzem o nível de segurança.
A passagem de nível onde hoje ocorreu o acidente era de 5ª categoria, ou seja, tinha "apenas uma sinalização de pare, escute e olhe", sem quaisquer barreiras nem avisos sonoros.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1350040
Câmara exige ao Governo mais segurança no MST
O vice-presidente da Câmara do Seixal, Joaquim dos Santos, afirmou que o local onde ocorreu em Julho um acidente no Metro Sul do Tejo (MST), vitimando dois idosos, "está na mesma" e exige ao Governo que resolva a situação.
 
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/Interior.aspx?content_id=1350443&seccao=Sul
  
Multimédia
 
http://jn.sapo.pt/multimedia/infografia.aspx?content_id=1350451
 
 
Somos o que fazemos repetidamente.
Por isso o mérito não está na acção e sim no hábito. Aristóteles
 
 

publicado por cambiantevelador às 00:56
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds