Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Código da Estrada está em causa...

 

O Tribunal da Relação do Porto, apoiado numa decisão do

Tribunal Constitucional, anulou, recentemente, a condenação de um condutor por crime de condução em estado de embriaguez.

 

Acusou uma taxa de 1,49 g/l, numa amostra sanguínea recolhida no hospital, para onde foi levado após acidente. Na alteração de 2005, o diploma deixou de prever direito de recusa aos condutores.

  

O Tribunal Constitucional sustenta que o Código da Estrada incorre em inconstitucionalidade uma vez que o diploma não prevê a possibilidade de recusa dos condutores na cedência de sangue com vista à detecção de álcool... 
PSP e GNR não vão alterar os procedimentos na recolha de sangue para testes de alcoolemia. "Temos alcoolímetros para despiste, atribuídos pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, que conferem a mínimo taxa de erro possível.
Mas o condutor pode sempre pedir a contraprova", sublinha, realçando que as autoridades policiais não podem obrigar os condutores a fazer o teste de recolha de sangue.
Só que se estes se recusarem estarão a incorrer num "crime de desobediência". "As regras estão definidas e até novas indicações, nada vai interferir no nosso modo de actuação", acrescenta.
A solução para colmatar este problema só poderá passar por uma nova alteração ao Código da Estrada, efectuada pelo Governo, mas previamente autorizada pela Assembleia da República.
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1457496
Bufar num só balão evita multa
O Tribunal da Relação do Porto absolveu um voleibolista condenado por conduzir alcoolizado. Considera ilegal punir alguém a quem fazem dois testes alcoolémicos com o mesmo aparelho. Exige que a contraprova seja feita com um segundo analisador.
 O que parecia, afinal, uma decisão judicial sem contestação acabou por ser alvo de um chumbo do TRP com várias críticas ao tribunal que proferiu o acórdão.
Por ter sido apanhado a conduzir embriagado, aquele jovem já tinha sido condenado, pelo Tribunal Judicial de Espinho, em 2006, a uma pena de 50 dias de multa à taxa diária de 8 euros
A nova detenção por conduzir com álcool a mais ocorreu no passado dia 1 de Março. Cerca das 8,12 horas, em Espinho, aquele atleta de voleibol, solteiro, foi mandado parar e submetido ao teste de detecção de álcool no ar expirado (vulgo: bufou ao balão). Acusou 1,54 gramas de álcool por litro de sangue (g/l).
Confessou ter ingerido bebidas alcoólicas, nessa manhã, mas mesmo assim contestou aquela medição e exigiu novo teste. A contraprova foi feita com o mesmo analisador: acusou 1,51 g/l. Insatisfeito, o jovem voltou a contestar aqueles números e exigiu novo aparelho, o que não lhe foi facultado.
A Relação do Porto sustenta a sua decisão na alteração ao Regulamento de Fiscalização da Condução sob Influência do Álcool ou Substância Psicotrópica, aprovado pela lei n.º18/2007, de 17 de Maio, que, ao contrário do decreto regulamentar n.º24/98, de 30 de Outubro (que aceitava a contraprova no mesmo aparelho), exige que o segundo teste - aquele que determina a existência da infracção - tenha de ser feito com outro aparelho.
Na sua decisão, a Relação do Porto critica, assim, o tribunal que condenou o voleibolista por ter violado artigos vinculativos da lei de 2007 e por "incorrecta e imprecisa aplicação dos seus pressupostos".
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1460001
Acórdão n.º 488/2009 Processo n.º 115/09
 
Brisa vai indemnizar condutores que chocaram com animais

O Tribunal Constitucional recusou o recurso interposto pela Brisa, que defendia que a presença de animais nas estradas - nomeadamente, na A4 - não lhe era imputável, segundo o Público.
A concessionária de auto-estradas tinha sido condenada na primeira instância, sendo absolvida no Tribunal da Relação do Porto, depois de o atravessamento de um cão numa das faixas da A4 ter originado um acidente.
O TC definiu então que a Brisa teria de provar que «a intromissão do animal não lhe é, de todo, imputável, sendo atribuível a outrem, tendo de estabelecer positivamente qual o evento concreto» que não a deixou realizar o cumprimento das obrigações de segurança.
Na sexta-feira, o tribunal definiu que o direito de iniciativa económica privada invocado pela concessionária não se pode sobrepor a outros direitos com dignidade constitucional, como o direito à vida, à integridade física e à protecção da saúde.
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=427619
SHST
Um aspecto também, importante, é em relação à prestação de um trabalho. Nem sempre tem a atenção que merece, a relação entre as condições de trabalho e a segurança, saúde e bem-estar dos trabalhadores.
Todos têm direito à prestação do trabalho em condições
de higiene, segurança e saúde e à organização do trabalho em condições socialmente dignificantes, de forma a facultar a realização pessoal...
Constituição da República Portuguesa
 
 

 

publicado por cambiantevelador às 00:46
link do post | sujerir | favorito
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Acidentes em Carrosséis...

 

Acidente no carrossel arruinou vida a casal
(...) O acidente ocorreu na madrugada do dia 24 de Maio, na romaria do Senhor de Matosinhos, quando a quebra de uma peça do Carrossel do Gelo projectou Elisa Santos e Tiago Borges, provocando-lhes ferimentos que, sete meses depois, ainda não estão curados. Aliás, Elisa, de 27 anos, foi ontem submetida a nova intervenção cirúrgica no Hospital de Santo António, no Porto.
"Isto é de loucos. A seguradora pagou-nos apenas as despesas médicas, sempre mediante a apresentação das respectivas facturas. Há cerca de um mês, informou-nos que ia cessar todos os pagamentos que foram efectuando por, diziam eles, 'razões humanitárias'.
Consideraram, ainda, que a responsabilidade do proprietário do carrossel estava afastada"...
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Porto&Concelho=Vila+Nova+de+Gaia&Option=Interior&content_id=1456807
 
Cadeira de carrossel solta-se e faz quatro feridos
Pai e três filhos viajavam no divertimento.
Dois deles têm ferimentos graves
 
http://www.tvi24.iol.pt/sociedade-regioes/carrossel-esmoriz-cadeira-tvi24/1085708-4556.html
 
Ninguém se entende sobre a fiscalização dos carrosséis
 
(...) Ninguém se entende
sobre quem deve fiscalizar e vistoriar equipamentos de diversões como carrosséis.
Segundo a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) essa é uma competência da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), que diz não ter competências nesta matéria. Já a Associação para o Desenvolvimento das Actividades em Portugal de Circos, Divertimentos e Espectáculos (ADAPCDE) aponta que qualquer técnico pode fiscalizar os carrosséis. Enquanto a lei estabelece que "os certificados de inspecção são emitidos por entidades para tal qualificadas",
no sector reina a confusão…
 
Com a alteração da lei, muitas competências passaram para as autarquias. Só que "nem todas as câmaras têm mecânicos electricistas para vistoriar os carrosséis"...
 
"Na outra semana, numa feira em Gondomar, a delegada de saúde que fez a vistoria da restauração fez a dos equipamentos eléctricos".
 
No centro da polémica está o decreto-lei 309/2002…
 
Para procurar clarificar a situação, o presidente da ADAPCDE diz ter enviado "há sete anos uma proposta legislativa para o Ministério da Economia". Até ao momento, diz, "nada aconteceu"…
 
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1318380
 
A justiça sem força, e a força sem justiça: desgraças terríveis!
Joseph Joubert

 

 

publicado por cambiantevelador às 21:42
link do post | sujerir | favorito
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Mortes na Estrada...

 Mortes na Estrada com multiplicador algébrico...

 

Governo e Medicina Legal têm números muito diferentes

 
A ANSR, dependente do Ministério da Administração Interna, divulgou números sobre as mortes na estrada que não correspondem às vítimas autopsiadas no Instituto Nacional de Medicina Legal (INML).
Este fala em 969 mortos – o Governo em 622.
 
Portugal é um dos poucos países da União Europeia que só contabiliza como vítimas mortais as pessoas que perderam a vida no local do desastre ou a caminho do hospital, limitando-se a aplicar depois um coeficiente de agravamento de 14%  (usado desde 2001) para calcular o número de feridos graves que sucumbiram no hospital.
 
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=156547

A seguir a Lisboa, Santarém é o distrito onde se registam mais vítimas mortais em acidentes nas estradas
Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária revelam que, entre 1 de Janeiro e 7 de Dezembro morreram 72 pessoas nas estradas do distrito de Santarém.

Lisboa registou 76 mortes, Santarém 72 e Porto 70. Os distritos com menos mortos nas estradas são Portalegre (nove), Bragança (dez), Vila Real e Guarda (15 cada).

http://www.otemplario.pt/ultimahora/noticia/?id=2617

 

Irmãos morrem em acidente

Dois mortos, dois feridos graves e três ligeiros, o resultado, de um acidente de viação, ao final da noite de sábado, em Fafe. O choque frontal aconteceu depois do jantar de Natal do grupo de futebol local.
No outro veículo envolvido no acidente, seguia uma família com destino a Gandarela de Basto. O casal e uma criança ficaram também feridos.
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Fafe&Option=Interior&content_id=1446661
Mãe e filho morrem em despiste de autocarro
Mãe e filho morreram hoje de madrugada devido ao despiste de um autocarro na Estrada Nacional 103, na zona de Vieira do Minho, distrito de Braga.
No autocarro, da empresa Giromundo, de Vieira do Minho, seguiam 16 ou 17 pessoas, familiares de vários militares que hoje, quarta-feira, fazem juramento de bandeira em Portalegre.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Vieira%20do%20Minho&Option=Interior&content_id=1448842
Atropelamentos
http://dn.sapo.pt/Inicio/Tag.aspx?tag=atropelamentos
Ninguém os levou por terem gripe A
Duas pessoas que se despistaram na A1, em Estarreja, tiveram de regressar a casa, em Gondomar, em cima do reboque, dentro do carro. Depois de terem dito que tinham gripe A, não conseguiram ser levados de outra forma.
Ligar para o 112 também não adianta, salienta o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses. Desde Setembro que o INEM - no que aos suspeitos ou doentes de gripe A diz respeito - só transporta grávidas, bebés ou pessoas em risco de vida.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=Estarreja&Option=Interior&content_id=1446662
Conduziu alcoolizado e abalroou cinco carros
Sujeito ao teste de alcoolemia, o homem acusou uma taxa de 1,61 g/l, tendo sido detido. Presente ontem ao juiz do Tribunal de Beja, foi julgado em processo sumário, tendo-lhe sido aplicada a pena de três meses e meio de inibição de condução e 45 dias de multa a seis euros por dia, no total de 170 euros.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Beja&Concelho=Beja&Option=Interior&content_id=1444092
Despiste brutal no IP8 ceifa a vida a três amigos
 
Três jovens com idades compreendidas entre os 20 e os 34 anos perderam a vida, na passada madrugada, na sequência de um brutal despiste ocorrido numa curva do IP8, no concelho de Santiago do Cacém …
 
o acidente deverá ter acontecido cerca da uma hora da madrugada, ao quilómetro 14,8, junto ao Poço da Obra, um monte de Relvas Verdes, em Santiago do Cacém …
 
 
cabe agora ao Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação de Setúbal da GNR apurar as causas … o embate foi de tal forma violento que os dois passageiros da frente ficaram esmagados pelo motor do Audi…
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Set%FAbal&Concelho=Santiago%20do%20Cac%E9m&Option=Interior&content_id=1442094
Acidentes
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Setúbal&Concelho=Alcácer do Sal&Option=News
Queda de camião de um viaduto na A1 fez um ferido ligeiro … ao quilómetro oito do Nó de Santa Iria, entre Alverca e Sacavém,
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=157426&tab=community
Capotamento
http://www.youtube.com/watch?v=Fm6inH3XUMs
Utilização da via de emergência (Berma)
http://www.youtube.com/watch?v=TT0xmSMeTcE
 
 
"Gostaria de suprimir as pompas fúnebres. Devemos chorar os homens quando nascem, não quando morrem."

(Barão de Montesquieu )

 

 
 
 

 

 

publicado por cambiantevelador às 23:47
link do post | sujerir | favorito
Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

“Cenário de guerra”...

 

Acidentes provocam um morto e 10 feridos na A1 em Aveiro
 
…Auto-estrada num “cenário catastrófico”
Pelo menos um morto e 10 feridos, seis dos quais em estado grave, é o resultado de dois acidentes na A1, ao quilómetro 233, sentido norte/sul perto da saída para Aveiro Sul/Águeda, informou fonte dos bombeiros.

O primeiro acidente ocorreu, cerca das 19h00, por motivos não apurados, de onde resultou a única morte confirmada até ao fecho desta edição.
Minutos depois deste acidente, um outro veículo, que seguia no sentido contrário, também por motivos ainda não apurados, despistou--se, “galgou” o separador central, embatendo na Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do INEM do Hospital Infante D. Pedro (Aveiro), outra dos Bombeiros de Albergaria-a--Velha, outra do Destacamento de Trânsito de Aveiro, e duas da Brisa, acrescentou a mesma fonte. Deste segundo acidente resultaram quatro feridos graves, todos civis.
 
De acordo com os bombeiros o cenário na A1 era “caótico” e o comandante do Destacamento de Trânsito de Aveiro (antiga BT), citado pela TVI, descrevia-o
“cenário de guerra”.

No local estavam, ontem à noite, 22 bombeiros, apoiados por oito viaturas e duas equipas médicas do INEM de Aveiro, deslocando-se para o local uma equipa do
Núcleo de Investigação Criminal em Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito da GNR de Aveiro, que irá investigar as causas desta tragédia.
 
 O mau tempo e a chuva intensa poderão ser factores para os acidentes.

A auto-estrada esteve cortada ao trânsito no sentido norte/sul durante várias horas. Os automobilistas foram aconselhados a sair em Albergaria-a-Velha, seguindo pela Estrada Nacional, ou em Estarreja, percorrendo a A29 e a A25 e regressando novamente à A1.
 
http://www.diariocoimbra.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=5209&Itemid=135
http://diario.iol.pt/sociedade/a1-estradas-sinistralidade-acidente-condutores-tvi24/1108360-4071.html
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Aveiro&Concelho=Aveiro&Option=Interior&content_id=1440576
http://www.publico.clix.pt/Local/um-morto-e-varios-feridos-graves-em-acidente-na-a1-perto-de-aveiro_1412855
Acidente no IC32 fez um morto
A circulação no IC-32, no sentido Coina - Moita, já está normalizada, depois de um acidente que provocou um morto e dois feridos.
O despiste de um automóvel ligeiro na estrada
IC-32, junto à saída de Coina,
Os fragmentos da viatura foram projectados para a via contrária,obrigando ao corte de duas vias de circulação.
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Set%FAbal&Concelho=Moita&Option=Interior&content_id=1434735
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Set%FAbal&Concelho=Barreiro&Option=Interior&content_id=1421628
Acidente/Tancos: 16 militares colhidos por automóvel ligeiro, dois com gravidade
Lisboa, 04 Dez (Lusa) - O acidente ocorrido hoje de manhã em Tancos com uma coluna militar provocou 16 feridos, dois dos quais com gravidade, disse à Lusa fonte militar.
Os dois feridos com maior gravidade estão ser estabilizados no local para serem transportados de helicóptero para um hospital de Lisboa, pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), segundo a mesma fonte.
Outros 12 feridos foram enviados para o Hospital de Abrantes e dois com ferimentos "muito ligeiros" receberam assistência no local e foram transportados para centros de saúde em Torres Novas e Tomar.
http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/10420625.html
Onze militares atropelados já tiveram alta
Onze dos 16 militares que foram vítimas de atropelamento, à porta da Escola de Tropas Pára-quedistas, em Tancos, já tiveram alta hospitalar.
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1439183
Exército abriu inquérito para apurar causas do atropelamento em Tancos
Ministro da Defesa anunciou que o Exército já abriu um inquérito para apurar os factores que estiveram na origem do acidente que feriu 16 militares, vítimas de um atropelamento, em Tancos.
 
O Exército já abriu o competente processo de averiguações para ver se alguma coisa correu mal e se há algum procedimento de segurança que deva ser melhorado", afirmou Augusto Santos Silva, à margem da cerimónia de abertura oficial do ano lectivo do Instituto Estudos Superiores Militares.
 
"É preciso garantir condições de treino e o máximo de segurança dos nossos instruendos", sublinhou Santos Silva.
 
O acidente ocorreu quando uma viatura ligeira atingiu, cerca das 07:30h, uma coluna de militares que faziam exercícios na estrada para Constância, provocando 16 feridos.
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1439188
Condutora condenada por acidente na A23
Foi condenada a quatro anos e quatro meses de prisão a condutora do veículo envolvido no acidente da A23, ocorrido a 5 de Novembro de 2007 e que provocou a morte a 17 pessoas. O tribunal decidiu suspender a pena.
O condutor do autocarro que transportava os alunos da Universidade Sénior, Fernando Serra, foi absolvido dos crimes de que vinha acusado…
 
Nuno Almeida Santos defende que a responsabilidade "deveria ter sido repartida"… Já Jerónimo Matias, advogado do motorista, acredita que "se fez justiça". Sobre a suspensão da pena à condutora, todos os advogados concordaram com a decisão.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1442481
"Ele é tão culpado como ela e deveria ter sido condenado"
…Inconformada estava Ilda Tavares, uma das sobreviventes do acidente. "Foi uma injustiça para a rapariga, pois o motorista vinha a conversar e a olhar sempre para trás", afirmou Ilda. "Ele é tão culpado como ela", afiança.
Um dos residentes na cidade admitia que sente "chocado" com o facto de "17 mortes darem apenas quatro anos de prisão". Mas compreende que a condutora "não é nenhuma criminosa", que "apenas cometeu um erro".
Um dos populares que entretanto se junta ao grupo lembra que Carina é professora e que "por ter de andar sempre de um lado para o outro não deve descansar o suficiente".
 "A culpa não é dela mas sim dos chefes que a obrigam a andar de um lado para o outro", justifica.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1442999
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1442481
Acidente mortal em contramão
A Circular Urbana de Guimarães, já de si manchada de sangue, voltou, ontem, a provocar uma vítima mortal. Passavam poucos minutos das 11 horas da manhã quando um veículo ligeiro, Ford Fiesta comercial, circulou cerca de 300 metros em contramão e foi bater frontalmente contra um outro automóvel ligeiro, Citroen C4, que seguia na direcção Guimarães/Fafe.
Esta colisão volta a por a nu a necessidade de colocação de um separador central em toda a extensão da Circular Urbana de Guimarães…
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Guimar%E3es&Option=Interior&content_id=1442986
Condutor embriagado em acidente que matou mãe e bebé
O condutor do Mercedes envolvido no acidente que matou uma mulher de 33 anos e o filho de 18 meses, domingo à noite, estava embriagado. Só cinco horas após o desastre foi apresentar-se na GNR. Caso está a ser investigado.
Apesar das duas mortes e da contra-ordenação grave que foi levantada, o homem pode continuar a conduzir, já que a lei não implica a apreensão da carta.
 
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Vila%20Nova%20de%20Famalic%E3o&Option=Interior&content_id=1442098
http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Braga&Concelho=Vila%20Nova%20de%20Famalic%E3o&Option=Interior&content_id=1441406
 
Infortúnio Público
O Plano Nacional do Trauma estava bastante avançado em 2006, um grupo interministerial, composto por nove entidades, a ANSR, Direcção Geral da Saúde, Administração Central do Sistema de Saúde, PSP, GNR, Ministério Público, INEM, Instituto Nacional de Estatística e INML.
Tinha em vista estudar a melhor forma de acompanhar esta realidade e registar estes números. Por incrível que pareça, foi "mandado parar" em 2006, pelo então ministro da Saúde, Correia de Campos. Desde essa data, nunca mais se ouviu falar desta ferramenta tão importante para qualquer Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária (ENSR).
 Estratégia
Se conheces o inimigo e te conheces a ti mesmo, não precisas de temer o resultado de cem batalhas.
Se te conheces a ti mesmo, mas não conheces o inimigo, por cada vitória sofrerás também uma derrota.
Se não te conheces a ti mesmo nem conheces o inimigo, perderás todas as batalhas.
(Sun Tzu, A Arte da Guerra)

 

publicado por cambiantevelador às 01:19
link do post | sujerir | favorito
Segunda-feira, 7 de Dezembro de 2009

Veículos eléctricos...

 

Veículos eléctricos - emissões de CO2 -legislação europeia

Federação Europeia de Transporte e Ambiente (T&E).
Veículos eléctricos e legislação europeia:
 
http://www.transportenvironment.org/Pages/Cars-and-CO2/
Apesar do importante papel que os veículos eléctricos podem ter na redução de emissões de carbono, a legislação europeia apresenta lacunas que poderão não conduzir à “descarbonização” pretendida no sector dos transportes da Europa.
 
Os limites de emissão de CO2, acordados pela União Europeia (UE) incluem, os “supercréditos”, que permite aos fabricantes vender mais de três veículos com elevado consumo de combustível (como os jipes ou SUVs) por cada veículo eléctrico vendido.
 
Acresce que os veículos eléctricos são contabilizados como tendo “zero-emissões”, apesar de a electricidade, também, provir de combustíveis fósseis.
 
Jos Dings, director da Federação Europeia de Transporte e Ambiente, afirmou que, “o desafio do poder político é cortar nas emissões poluentes e reduzir a nossa dependência do petróleo e não promover os veículos eléctricos.
 
Portugal continua a não apostar no transporte colectivo e as Autoridades Metropolitanas de Transportes, apenas existem na teoria.
 
A procura extra de electricidade deverá ser assegurada através de energias renováveis, com menores impactes ambientais e não através de mais carvão altamente poluente ou de outros investimentos insustentáveis como o nuclear.
 
Qualquer veículo terá de ser equipado com tecnologia ‘smart meter’, de modo a contabilizar a quantidade de electricidade que está a ser consumida e qual a sua proveniência.
 
“How to Avoid an Electric Shock - Electric Cars from Myth to Reality”
www.transportenvironment.org.
   
http://www.reuters.com/article/environmentNews/idUSTRE5824JY20090903
 
Documents:
Plugged In - The End of the Oil Age 
Energy Efficiency - Key pillar for a competitive, secure and environmentally friendly European Energy Policy
 
Veículo eléctrico da Renault em Portugal
O primeiro carro eléctrico que a Renault vai pôr à venda no mercado vai rolar os primeiros quilómetros em Portugal na quarta-feira, uma versão eléctrica do Kangoo que a marca quer vender ao mesmo preço que a versão diesel.
 
... "A Renault vai comercializar o seu primeiro carro eléctrico dentro de 18 meses. O sentido em que hoje trabalhamos é que venderemos o automóvel e a
bateria será alugada*, num serviço prestado pela Renault", disse à Lusa o director de comunicação da Renault Portugal, Ricardo Oliveira.
 
…Os obstáculos iniciais que o carro eléctrico tem que vencer são muitos: pouca autonomia (abaixo dos 200 quilómetros), indefinição quanto aos pontos de carregamento e o preço inicial do carro são as principais críticas apontadas.
 
A Renault propõe três soluções para o carregamento: "o normal, que se faz em qualquer lugar onde haja uma ficha eléctrica (demora oito horas), o carregamento rápido, que implica uma infra-estrutura onde se carrega o carro em 20 minutos - com corrente trifásica e 32 amperes - e a troca de baterias numa estação de serviço em que um robot tira a bateria e mete outra carregada, em menos de três minutos", enumerou Ricardo Oliveira.

 
... "É um país pequeno, em que a maioria das deslocações não implica muita quilometragem. Depois o país tem um fornecedor de energia preferencial [a EDP] que vai ajudar no desenvolvimento da infra-estrutura [de carregamento]. O terceiro é a apetência que os portugueses têm pelas novas tecnologias".
 
http://www.nissan.pt/#vehicles/innovation-station/denki-cube/content/media
http://www.renault.pt/descubra-a-renault/meio-ambiente/comunicados/
 
Carros do Futuro
 
Honda - Primeira marca a ter coragem de lançar um automóvel a hidrogénio.
Muitos pensavam que o automóvel a pilha de combustível com emissões zero não seria viável nesta geração.
 Após ter sido a primeira marca do mundo a colocar em prática um programa experimental de automóveis a célula de combustível, a Honda volta a ser pioneira ao colocar no mercado um lote de veículos movidos a hidrogénio.
O nome do protagonista: FCX Clarity.
As primeiras unidades do modelo, produzido no Japão e lançado na sua versão definitiva no Salão de Los Angeles em Novembro de 2007, já podem ser vistas a circular nas ruas californianas.
A frota está restrita a 200 unidades e os clientes têm de residir no sul da Califórnia. Mas o fato é que esses 200 privilegiados pagam US$ 600 (cerca de R$ 1.400) por mês pela oportunidade de ficar com aquilo que se espera ser a antevisão do automóvel do futuro.
 O contrato de dois anos e no valor pago estão incluídos, ainda, o seguro, a assistência técnica, a manutenção e as revisões...
 O motor eléctrico é capaz de gerar 136 CV de potência e 26,1 kgfm de torque, enquanto o tanque comporta 4,1 kg de hidrogênio a 345 bar de pressão.
Com tudo isso, o FCX Clarity consegue atingir 160 km/h e consumir um litro de combustível para cada 29,41 km.
Isso equivale a duas ou três vezes menos do que um modelo comum do mesmo porte movido a gasolina e cerca de 1,5 vezes menos do que um híbrido com as mesmas características.
A autonomia do modelo é superior a 430 km. Contribuem para este resultado um peso de 1.625 kg -- 180 kg inferior ao do FCX anterior, distribuído numa proporção 60% para a dianteira e 40% para a traseira e uma relação peso potência 50% melhor em comparação com seu antecessor.
VIDEO:
http://www.youtube.com/watch?v=4AUurBnLbJw
 
O problema ainda está na produção do hidrogénio puro.
O hidrogénio é aquele gás (elemento químico) que compõe 75% da massa do universo da nossa atmosfera. O problema ainda é separá-los dos outros elementos químicos aos quais está normalmente ligado.
A Honda afirma ter condição de produzir em massa carros eléctricos com células de hidrogénio a partir de 2018. O curioso é que os veículos não se vendem, mas apenas é permitido adquiri-los através de um contrato.
 
* Veja-se o que aconteceu no passado:
macua.blogs.com/moambique_para_todos/files/Carroqu...
 
“O excesso de amabilidade ou tem por fim a obtenção de um favor exagerado, ou esconde uma velhacaria”. Guerra Maio
 
Tecnologia e Industria Automóvel
 A indústria automóvel confrontada com o fim dos combustíveis fósseis, prepara-se, para melhorar os protótipos eléctricos (baterias, etc.) e introduzi-los em larga escala a partir de 2010.
A matéria-prima necessária é o “lítio” e embora este mineral esteja presente nos telemóveis Blackberries ou nos reactores atómicos, a sua procura em grande escala será no futuro, feito pela indústria automóvel.
Prevê-se que, em 2015, dez por cento dos automóveis terão baterias de lítio, que subirá para vinte por cento em 2020 e, embora este mineral esteja presente nos Estados Unidos, dos dez milhões de toneladas métricas de reserva de lítio no planeta, cerca de nove milhões estão na Bolívia, Argentina e Chile.
Assim, a disputa pelo “ouro cinzento” será feito no triângulo geográfico formado pelas salinas chilenas de Atacama, as bolivianas de Uyuni e Coiposa, e a argentina de Hombre Muerto. Podemos afirmar que, o futuro do transporte terrestre se encontra nesta região andina.
JORNAL La Nación Santiago do Chile e Carla Araya, analista da EuroAmerica.
brsfernando@gmail.com

 

 

publicado por cambiantevelador às 00:02
link do post | sujerir | favorito
Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

Sinalização "confusa"...

 

O InIR, I.P.
 
Tem como principal missão fiscalizar e supervisionar a gestão e exploração da rede rodoviária, controlando o cumprimento das leis e regulamentos e dos contratos de concessão e subconcessão, de modo a assegurar a realização do Plano Rodoviário Nacional e a garantir a  eficiência, equidade, qualidade e a segurança das infra-estruturas, bem como os direitos dos utentes.
 
http://www.inir.pt/portal/1ªPágina/tabid/36/language/pt-PT/Default.aspx
  
Rede de auto-estradas:
 
http://www.inir.pt/portal/LinkClick.aspx?fileticket=BmqFEwe372o%3d&tabid=142&mid=546&language=pt-PT
 
O Centro Rodoviário Português (CRP)
 
É uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em 1998 por 31 entidades públicas e privadas, que tem por objecto estatutário “a dinamização do sector rodoviário português...
http://www.crp.pt/
 
Lisbon Congress Centre, Portugal | 25-28 May
2010
 
A FUNDEC – Fundação para a Formação Contínua em Engenharia Civil...
 
http://www.civil.ist.utl.pt/fundec/
 
 
A AFESP
 
Assinalou este ano o Dia Europeu de Prevenção Rodoviária, a 13 de Outubro, com a realização do 1º Seminário “Sinalização e Segurança Rodoviária”, decorrido no Auditório da Estradas de Portugal
 
http://www.afesp.pt/noticias_detalhe.php?n=53
 
ANSR - Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária
http://www.ansr.pt/
 
http://www.auditores-seguranca.org/
 
 
Não há nada no mundo que esteja melhor repartido do que a razão:  toda  a gente está convencida de  que a  tem  de  sobra .  
René Descartes
 
publicado por cambiantevelador às 00:13
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds