Sábado, 5 de Setembro de 2009

Mais veículos nas auto-estradas...

 

 

Cinco mortos e seis feridos graves num só dia
Quinta-feira morreram nas estradas portuguesas cinco pessoas em oito acidentes que fizeram também seis feridos graves, segundo confirmou à agência Lusa a Guarda Nacional Republicana. 4 Set. 2009
No Distrito de Vila Real, um despiste com um veículo ligeiro fez dois feridos graves; no Porto, uma colisão com atropelamento entre duas viaturas fez dois mortos; em Viana do Castelo, uma colisão entre dois ligeiros fez um morto; em Braga, um atropelamento provocou dois feridos graves.
 
No centro do país, na Guarda, um despiste de um quadriciclo fez um ferido grave; em Santarém, uma colisão entre um ligeiro e um velocípede fez uma vítima mortal; em Setúbal, a colisão de um veículo ligeiro feriu gravemente uma pessoa.
 
A sul, no Distrito de Portalegre, um despiste de um ciclomotor provocou também uma vítima mortal. Segundo dados oficiais, em 2008, morreram 776 pessoas nas estradas portuguesas
 
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/Interior.aspx?content_id=1352820
Mais carros na estrada e comboio perde clientes
Quebras no transporte ferroviário foram mais expressivas na Área Metropolitana de Lisboa  2009-09-03
 
De Abril a Junho deste ano, o número de veículos a circular nas auto-estradas portuguesas aumentou.
 
 
Os combustíveis ficaram mais baratos e actualmente o cenário já não será o mesmo. Os números do segundo trimestre de 2009, indicam que algumas pessoas já começaram a tirar o automóvel das garagens, em detrimento do comboio.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1351298
 
Preços mais altos nas auto-estradas
 
Os combustíveis nas auto-estradas são vendidos mais caros do que fora delas e as diferenças de preço são praticamente inexistentes.
Segundo um estudo da Deco, "falta verdadeira concorrência" nas auto-estradas.
 
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1316874
 
Governo ainda não decidiu aumento de portagens para condutores que entrem sozinhos em Lisboa
Medida é proposta num estudo sobre a melhoria da qualidade do ar
 
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1338053
 
03 Setembro 2009
O Estado da Nação
Auto-estradas sem critério
Portugal é um dos seis países da União Europeia com mais auto-estradas por habitante:
em 27 Estados-membros, Portugal tem cerca de 24 km por cem mil habitantes, quase tanto quanto a Espanha e mais do que Alemanha, Suécia, Dinamarca, Itália, França e Inglaterra, as economias ricas da UE.
O pior é que em nove das 25 auto-estradas portuguesas circulam em média, por dia, menos de dez mil carros,
um dos critérios internacionais para justificar uma auto-estrada.
 
Mesmo assim, com os projectos rodoviários em curso e os quatro a serem lançados até Junho de 2010, a rede irá aumentar 860 quilómetros.
E entre Lisboa e Porto surgirá uma terceira ligação deste tipo.
 
Comissão Europeia sobre o sector da energia e transportes na EU… 2545 km de auto-estrada em 2006, Portugal tinha uma rede maior do que Bélgica (1763), Suécia (1740), Dinamarca (1032), Áustria (1678), Grécia (1056) e Irlanda (270).
 
Os dados do Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias (INIR)
sobre o tráfego nas auto-estradas no primeiro trimestre deste ano, de Julho passado, indicam que o movimento médio diário de viaturas é inferior a dez mil carros em nove auto-estradas:
 
Quatro no Sul (A6, A13, A15 e A10), três no Norte (A7, A24 e A27) e duas no Centro (A14 e A23).
E no Norte há mais uma, a A11,
que em dois dos três primeiros meses deste ano registou um tráfego médio diário inferior a dez mil carros.

Apesar de estes dados indiciarem que
Portugal estará saturado de auto-estradas,
o Governo lançou dez novos empreendimentos rodoviários
com uma extensão de 2360 km, dos quais metade é estrada nova e 29 por cento corresponde a auto-estrada.
 
Já esta semana, foi anunciada a intenção de avançar com mais
quatro novas concessões até Junho de 2010.
 
O Executivo justifica esta prioridade política com o
“reforço da segurança rodoviária” e a
“promoção da coesão territorial”.
 
Os críticos desta opção contrapõem que Portugal já tem auto-estradas suficientes e que é necessário apostar em soluções com menores exigências de construção e de traçado...
 
Correio da Manhã – O próximo Governo deve suspender algum dos grandes projectos de investimento público?
 
Mira AmaralNeste momento não se justifica mais auto-estradas,
e deve apostar-se na
melhoria das acessibilidades às grandes cidades
 
COESÃO TERRITORIAL
As auto-estradas são apontadas como um elemento fundamental para obter maior coesão territorial e atrair ao Interior pessoas e empresas.
 
SOBREPOSIÇÃO DE VIAS
A aposta na extensão da rede de auto-estradas é dada como contraproducente, dado que quase um terço destas vias tem baixos níveis de tráfego
 
http://www.correiomanha.pt/Noticia.aspx?channelid=00000009-0000-0000-0000-000000000009&contentid=977F82F2-4B7B-4D0C-B692-465B3D809E3F
 
 
Mensagem:
Ninguém sabe que coisa quer
Ninguém conhece que alma tem
Nem o que é mal nem o que é bem [ ... ]
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro
Fernando Pessoa
 
 

 

 

publicado por cambiantevelador às 00:26
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds