Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Evitar Acidentes...

 

DIRIGIR COM ATENÇÃO EVITA ACIDENTES
AUGUSTO ALVES DA SILVA
Augusto Alves da Silva (Lisboa, 1963) tem vindo a afirmar-se desde a década de 1990 como uma das mais originais interrogações da arte do nosso tempo sobre a condição da imagem na sociedade contemporânea.
 Os seus trabalhos com fotografia e vídeo aproveitam meticulosamente as possibilidades técnicas destes suportes para criar em imagens e situações que revelam a atitude crítica e singular do seu autor em relação a estereótipos da arte e da vida, reveladores do artifício das suas representações.
Em Dirigir Com Atenção Evita Acidentes o assunto é o próprio acto de “dirigir”,
o acto de conduzir um automóvel (ou uma bicicleta ou um avião).
 
Sob a forma de uma publicação de artista similar a uma revista, Augusto Alves da Silva reúne um conjunto de fotografias que são outras tantas manifestações do que se vê quando se conduz, num constante desafio às expectativas do banal, constantemente provocado pelo acontecimento extraordinário.
 
O universo de muito do que possa ser associado ao automóvel, aos seus fetiches, mitologias e catástrofes, é revelado num conjunto de imagens onde o insólito está sempre omnipresente: ruas, estradas, placas de sinalização rodoviária, imagens de stands ou de “salões” de automóveis, painéis publicitários, uma aterragem de avião, um camião que transporta uma casa, raparigas que conduzem, um ciclista nu na cidade, o mundo inteiro resumido numa vista ou numa paisagem a partir de um carro, os pormenores do interior de um automóvel constroem um caleidoscópio tão errático quanto vertiginoso na paginação alucinada destas imagens.
 
Um projecto que chegou a estar previsto para fazer parte de uma campanha de prevenção rodoviária resulta agora numa operação de desconstrução de muitos dos estereótipos associados ao automóvel como modo de vida.
 
As 50 fotografias foram feitas entre 2006 e 2009.
 
http://www.serralves.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=1373
 
“Quando se consegue fazer as coisas comuns da vida de uma maneira fora de comum, dispõe-se da atenção do mundo”.
George Carver
 
 
publicado por cambiantevelador às 00:10
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds