Sexta-feira, 4 de Junho de 2010

Funeral - Brigadeiro PAULO PEREIRA...

Brigadeiro PAULO PEREIRA

Funeral amanhã ás 10H30 (05/06/2010) em Santa Marta de Penaguião (junto ás Piscinas) distrito de Vila Real

Que deus lhe dê o eterno descanso.

www.brigadatransito.com

 

 

Militar de trânsito da GNR de Vila Real colocou comentário na rede de internet Facebook

 

Queixou-se da GNR e deu tiro na cabeça

Paulo Pereira, o militar do Destacamento de Trânsito da GNR de Vila Real que anteontem tentou o suicídio com um tiro de arma de fogo na cabeça, colocou um comentário num grupo do Facebook, na internet, apenas quatro dias antes do acto de desespero.

 

Acusando as altas patentes da GNR de "não quererem saber dos militares da extinta Brigada de Trânsito", o guarda acrescenta que "o que interessa a essas pessoas são os autos".

Oficialmente, a GNR não comenta qualquer nexo de causalidade entre a opinião do militar e o seu acto trágico.

As associações sócio--profissionais preferem falar da "falta de apoio psicológico".

"Devia haver apoio nestes casos.

 

As associações substituem-se ao comando da GNR", disse ao CM José Alho, presidente da ASPIG.

Horas antes de ter dado um tiro de pistola num ouvido, Paulo Pereira despediu-se dos amigos no Facebook pessoal.

Na terça-feira de manhã deslocou--se à Covilhã, cidade onde reside a namorada com quem recentemente terminou o relacionamento, e tentou matar-se. Ontem estava internado, em estado muito grave, no hospital daquela cidade.

 

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/queixou-se-da-gnr-e-deu-tiro-na-cabeca

 

 

Militar da GNR que tentou suicidar-se morreu esta manhã

 

O militar da GNR envolvido num alegado homicídio na terça-feira à noite na Lardosa perdeu a vida esta manhã, no Hospital dos Covões, em Coimbra, para onde tinha sido transferido após a tragédia.

 

Depois de alegadamente ter baleado a mulher mortalmente, o militar terá tentado suicidar-se com um tiro na cabeça.

Foi socorrido para o Hospital de Castelo Branco e posteriormente para Coimbra.

 

http://www.jornaldofundao.pt/noticia.asp?idEdicao=105&id=5862&idSeccao=1002&Action=noticia

 

 

Militares da extinta BT buscam apoios nos grupos parlamentares

 

Cansados de esperar por uma tomada de posição por parte do Ministério da Administração Interna (MAI), e cumpridos que estão dois meses após a conclusão da avaliação à extinção da Brigada de Trânsito (BT), os militares desta antiga força de fiscalização viram-se, agora, para os deputados da Assembleia da República.

 

Hoje, foram recebidos pelo PS.

Na próxima semana, irão reunir com representantes do PSD e BE.

Os elementos do grupo de trabalho que tem vindo a reclamar a reactivação da BT acusam o governo de estar a levar tempo demais a tomar uma decisão relativamente ao estudo que admite ter ocorrido, “durante o ano de 2009, uma menor eficiência e eficácia, por parte da componente de trânsito da GNR”.

 

Foi esse mesmo relatório de avaliação que esteve no centro das atenções na reunião hoje mantida entre os representantes do grupo de trabalho da antiga BT e o deputado socialista António Gameiro, segundo adiantou o porta-voz dos militares da antiga BT, cabo-chefe José Moreira.

 

“O sr. deputado comprometeu-se a interrogar o ministro da Administração Interna na Assembleia da República, no dia 23, sobre o andamento do processo”, revelou ainda aquele elemento.

 

O PÚBLICO tentou apurar, junto do MAI, em que ponto está a análise ao documento que avaliou o desempenho da Unidade Nacional de Trânsito (UNT) – criada em alternativa à BT, mas apenas com núcleos em Lisboa e Porto e um total de 150 efectivos -, mas tal não foi possível durante o dia de hoje.

 

 “Estamos muito preocupados com o arrastar da situação e com o sentimento que reina entre os militares da extinta BT”, frisou o porta-voz do grupo de trabalho, ao mesmo tempo que relacionava este “arrastar” do processo com o caso do recente suicídio de um militar da antiga BT, a prestar serviço no destacamento de trânsito de Vila Real.

 

A luta dos elementos que estavam afectos à BT leva já cerca de um ano e meio.

Há cerca de dois meses, com a conclusão da avaliação às alterações introduzidas no início do ano passado, ganharam novo alento.

Além de evidenciar a diminuição da eficiência e eficácia da fiscalização de trânsito da GNR, o documento apontava ainda que, o número de “multas” de trânsito levantadas por esta força diminuiu quase 50 por cento, em 2009 - ainda que especificasse que, esta redução não teve um impacto nos resultados da sinistralidade registada.

Em jeito de conclusão, o documento avançava com duas propostas alternativas ao quadro actual: a extinção da UNT ou a transferência de todos os militares que passaram para os destacamentos ou postos de trânsito para a UNT.

 

http://www.publico.pt/Sociedade/militares-da-extinta-bt-buscam-apoios-nos-grupos-parlamentares_1440578

 

 

"As pessoas precisam de entender que estão a ser burladas. O País não pode continuar a ser dirigido por trafulhas..."

(Dr. Medina Carreira)

 

 

 

publicado por cambiantevelador às 20:18
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds