Quarta-feira, 7 de Julho de 2010

Regras de circulação estradal...

 

 http://www.youtube.com/watch?v=NiqW2OOJ0bQ

 

 

Motorista do carro de Mário Mendes acusado de «condução perigosa»

 

O motorista do carro do secretário-geral do Sistema de Segurança Interna, envolvido num acidente em Novembro, foi constituído arguido e acusado pelo crime de «condução perigosa de veículo rodoviário».

 

Segundo a Procuradoria-geral Distrital de Lisboa (PGDL), o Ministério Público (MP) encerrou o inquérito relativo ao acidente de viação, ocorrido a 27 de Novembro de 2009, num cruzamento da Avenida da Liberdade, em Lisboa, e que envolveu a viatura de Mário Mendes.

A investigação concluiu que o motorista, um militar da GNR, foi o «único responsável pelo acidente» que, seguindo em «marcha assinalada de urgência, violou grosseiramente regras de circulação estradal, ignorando designadamente a obrigação de parar no sinal vermelho, pondo assim em perigo terceiros».

 

A PGDL indica ainda que foram arquivados três crimes de ofensa à integridade física negligente por «falta de apresentação de queixa por parte das vítimas».

O acidente de viação envolveu uma viatura do Ministério da Administração Interna, na qual seguia o secretário-geral do Sistema de Segurança Interna, que ficou gravemente ferido, e outra que estava ao serviço do presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, que não seguia no veículo.

 

http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1612702

 

 

Mário Mendes diz que não pediu ao motorista para acelerar.

 

http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1613944 

 

 

O Mexilhão É Que Se Lixa

 

COMUNICADO CONJUNTO COM A ASPIG

O Ministério Público acaba de acusar o motorista do juíz-conselheiro Mário Mendes do crime de condução perigosa de veículo rodoviário, após conclusão do inquérito ao acidente de Novembro passado, na avenida da Liberdade, em Lisboa. 

 

Por mais escandaloso que possa ser o despacho de acusação – que iliba o magistrado como comitente da infracção

(ver a alínea a) do nº 7 do Art. 135º do Código da Estrada) –, ele não surpreende.

É uma infeliz tradição que os detentores de cargos públicos se considerem acima da lei e pressionem os seus motoristas a conduzir de forma a pôr em perigo a sua própria segurança e a dos demais utentes da via pública, quase sempre abusando do disposto no Art. 34º do Código da Estrada que estabelece o conceito de “marcha urgente assinalada em missão de interesse público”.

E é também infeliz tradição que nunca sejam acusados de pressionar os seus motoristas, de perverter a lei, e de contribuir significativamente para a insegurança rodoviária em Portugal.

http://www.aca-m.org/w/index.php5?title=O_Mexilh%C3%A3o_%C3%89_Que_Se_Lixa

 

 

 "O destino é uma lei cujo significado se nos escapa porque faltam muitos dados".  Abade Galdiani

 

publicado por cambiantevelador às 17:07
link do post | sujerir | favorito

.Mais sobre mim em breve

.pesquisar

 

.Agosto 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. 406 Mortos nas estradas.....

. Auto-estradas sem Brigada...

. Condução Segura e Ecológi...

. Catástrofe Rodoviária…

. Portagens - CCUT 2014...

. Mais Vítimas na Estrada…

. Fim-de-semana negro...

. Travar a Sinistralidade.....

. Dê Férias à Velocidade…

. Crise Rodoviária em Portu...

.arquivos

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.favorito

. Contrato Promessa

. MOBILIDADE GEOGRÁFICA LAB...

. Cidadania activa: o jorna...

blogs SAPO

.subscrever feeds